Novo Encontro Especial
28/05/2017
Meditação Diária de 30/05/2017 por Flávio Reti
30/05/2017

Meditação Diária de 29/05/2017 por Flávio Reti

Dia mundial da energia

“O Senhor é a minha força e o meu cântico, ele se tem tornado a minha salvação, ele é o meu Deus, portanto, o louvarei; ele é o Deus de meu pai, por isso o exaltarei” Êxodo 15:2

Um dos princípios estabelecidos por Lavoisier é que na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma. Quase tudo pode ser transformado em energia. Não existe uma definição única para energia, mas sabe-se que para aplicar uma força qualquer se dispende energia. Para empurrar um carro é necessário fazer força e para produzir força precisa de energia. Fala-se muito hoje em dia sobre energia, produção de energia, controle da energia, consumo de energia e por aí vai. As velhas fontes de energia parecem que estão se extinguindo, o petróleo, o carvão, e vem aí o que estão chamando de energia limpa, como a energia eólica, energia solar, energia atômica e por aí também vai.

Viajando pelas estradas do Brasil é comum encontrarmos carretas carregadas com pás gigantes que vão formar as hélices para a montagem de usinas de geração de energia eólica. O mundo está despertando para o uso de energia renovável, vento, sol, marés. Nas fazendas já estão usando o lixo na produção de gás para aquecimento de pocilgas, de estufas, de galinheiros. O Homem está buscando uma saída para uma eventual crise de energia no mundo. Quando a bíblia diz “esforça-te, e tem bom ânimo” é um incentivo para imprimir mais força, consumir mais energia, geralmente com a intenção de fazer a vida avançar, progredir, crescer, melhorar.

Veja com que palavras Moisés convocou o povo para fazer a vontade de Deus na terra que eles estavam para tomar posse: “amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todas as tuas forças” (Deut.6:5). Notou, certamente, a palavra força no texto escrito por Moisés. Para amar ao Senhor nosso Deus com todas as nossas forças, de todo coração, há que se fazer algum esforço, e esse esforço demanda energia que nós vamos tirar dos alimentos que ingerimos.

Quando Paulo pediu a Deus, por três vezes, que retirasse dele o que ele chamou de “espinho na carne”, veja a resposta de Deus para ele: “E ele me disse: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Por isso, de boa vontade me gloriarei nas minhas fraquezas, a fim de que repouse sobre mim o poder de Cristo” (II Cor.12:9).

Desnecessário é dizer que o poder, a força vem de Deus. Quem parte da fraqueza e encontra forças no poder de Deus, já deu um enorme passo em direção ao alvo estabelecido para os crentes. Sabedor que a graça de Deus nos basta, e que seu poder se aperfeiçoa na nossa fraqueza, somos incentivados a confiar e esperar em Deus, para que ele nos fortaleça sempre, nos forneça a energia suficiente para servi-lo com todas as nossas forças. Por isso mesmo Paulo disse que quando estava fraco, aí é que estava forte, porque era exatamente aí, quando terminavam as suas forças que começava a força de Deus. Realmente, a sua graça e isso nos basta para este dia. Será mais um dia vivendo pela fé, na força do Senhor.

“Sejam quais forem vossas ansiedades e provações, exponde vosso caso perante o Senhor. Vosso espírito será fortalecido para a resistência. O caminho se abrirá para vos libertardes de todo embaraço e dificuldade. Quanto mais fraco e impotente vos reconhecerdes, tanto mais forte vos tornareis em Sua força. Quanto mais pesados vossos fardos, tanto mais abençoado o descanso em os lançar sobre vosso Ajudador” (CBV, 72). O apóstolo Paulo tinha essa consciência de força advinda de Deus ao dizer que sabia que quando estava fraco aí era que estava forte. E ele arrematava dizendo que o poder de Deus se aperfeiçoa na fraqueza. Entenda assim: O poder de Deus é exatamente para isso, para levantar os fracos. Se qualquer um de nós se sentir fraco, sem ânimo, curvado com o peso da vida, peça o poder de Deus que vai se aperfeiçoar em nós, fazendo de nós pessoas fortes. Mas não se esqueça, fortes no poder de Deus, nunca na sua força, ou melhor, na sua fraqueza.

Os comentários estão encerrados.