Meditação diária de 28/09/2020 por Flávio Reti – Satlink
28/09/2020
Meditação diária de 30/09/2020 por Flávio Reti – Secretária Eletrônica
30/09/2020

Meditação diária de 29/09/2020 por Flávio Reti – Secador de Cabelo

29 de setembro

Hebreus 11:39  “E todos esses (os heróis da fé), embora tendo recebido bom testemunho pela fé, contudo, não alcançaram a promessa”

Secador de Cabelo

Nós convencionamos chamar de eletrodomésticos uma série de aparelhos usados para facilitar as tarefas domésticas e entre esses aparelhos estão as panelas elétricas, o ferro de passar, a torradeira, o aspirador de pó, o ventilador, a batedeira, o liquidificador e outros. Eles servem para cozinhar, para limpar, cuidar da roupa, higienizar o banheiro, embelezar as pessoas e até para entretenimento. Mas um deles que entrou por último no rol de eletrodomésticos é o secador de cabelo. Como todos sabem, o uso da energia elétrica produz calor e foi aproveitando essa lógica que se chegou ao secador de cabelo. Bastou fazer uma serpentina com um arame de uma liga metálica de níquel e cromo, um material de alta resistividade que se aquece com a passagem da corrente elétrica, mas cuja fusão precisa de 1400 graus e já tinham o aquecedor. Depois acoplaram uma ventoinha para produzir vento e empurrar o ar quente para frente e estava feito o secador de cabelo. O secador não teve um inventor propriamente, mas uma empresa americana chamada Racine Universal Motor Company, em 1920. Essa onda de secar o cabelo com jato de ar quente surgiu depois da invenção do aspirador de pó. Eles perceberam que o aspirador aquecia e idealizaram um motor de baixa potência para canalizar esse ar quente e daí surgiu o secador de cabelo. Lá pelos anos 1930 e 1940 foram feitas algumas melhorias ajustando a temperatura com o comprimento da serpentina de níquel-cromo e também na velocidade do motor. A ideia, na verdade, surgiu com uma senhora que resolveu reaproveitar o ar quente que saía do aspirador de pó e com o auxílio de uma mangueira aproveitava para secar os cabelos. Sabendo disso a empresa Racine trabalhou no projeto e chegou a um secador pesado e incômodo que com o tempo foi ficando mais leve com um motor menor. Hoje, sem dúvida, o secador é um eletrodoméstico indispensável na vida de qualquer mulher e de alguns homens também, e ninguém parece saber sua origem. Agora pense comigo: A atitude de uma mulher desconhecida do mundo deu origem a um objeto tão útil! Estamos desfrutando de seu invento e nem sabemos quem é ela. E quantos homens de Deus, no passado, não deram a vida por esse evangelho que chegou até nós e que está nos moldando para um dia morar no céu? Todos são desconhecidos, apenas alguns heróis da Reforma Protestante na Europa sabemos os nomes, mas a maioria desconhecida para nós. Mas o evangelho está aí mudando a vida de milhares de pessoas. Deus, por certo, deve ter uma bênção especial para esses personagens incógnitos.

Os comentários estão encerrados.