Meditação diária de 28/01/2019 por Flávio Reti – Alexander Mackenzie
28/01/2019
Novas vagas econômicas para o Retiro de Verão 2019 em Camping
29/01/2019

Meditação diária de 29/01/2019 por Flávio Reti – Karl Friedrich Michael Benz

29 de janeiro

Provérbios 10:4  “O que trabalha com mão remissa empobrece, mas a mão do diligente enriquece”

Karl Friedrich Michael Benz

Essa data é importante porque nesse dia, em 1886, na Alemanha, Karl Benz inventou seu primeiro motor de automóvel movido a gasolina. Karl Benz era um engenheiro e foi ele também o inventor do carro movido a gasolina como o conhecemos hoje. Benz não só fez o motor como construiu o primeiro carro com motor a gasolina. Nos seus dias já era conhecida a locomotiva a vapor, os moinhos a vapor, os barcos a vapor e até as máquinas impressoras das tipografias eram a vapor, consequentemente a maioria das máquinas a vapor eram estáticas, não saíam do lugar e se saíam era apenas na água e nos trilhos. Um carro com independência de movimentos com um combustível mais limpo do que o carvão era um pulo enorme na história das civilizações e Benz foi o homem que deu esse tremendo salto. Foi se arrastando financeiramente que Karl Benz conseguia seus sucessos, embora limitados, mas ao se casar sua esposa foi um tremendo apoio que o levou do desconhecido para a fama. Não precisa falar muito, basta citar que na virada do século, de 1890 para 1900 ele conseguiu elevar de 50 para 430 homens trabalhando na sua fábrica de motores e carros de passeio. Em 1899 já tinha sua “pequena” empresa e construiu 572 veículos. Hoje ninguém concebe a ideia de não ter um carro a gasolina ou a álcool à sua disposição e os motores basicamente não evoluíram muito, porque o princípio de explosão interna movimentando um pistão ainda é o mesmo desde os dias de Karl Benz.

Assim transcorrem os dias da humanidade neste mundo. Aqui e ali se levantam homens talentosos, conscientes que produzem e fazem o mundo dos negócios girar e a vida melhorar. À margem dos caminhos ficam aqueles homens que nada produzem de bom para a humanidade, cuja passagem por esta vida será como uma sombra que passou sem modificar nada neste mundo. Se pensarmos bem, é muito triste o cidadão olhar para trás, na sua vida, e descobrir que viveu em vão, cuja vida nada vai deixar para a posteridade. O mundo não será melhor porque ele passou por aqui. Eu fico pensando em um homem como Moisés que aos 80 anos assumiu a enorme tarefa de tirar os israelitas da escravidão no Egito e assentar quase três milhões de pessoas numa nova terra, criar as leis e estruturar o povo como uma nação independente com suas leis, seu povo com sua língua e seu território. Quando Deus criou o ser humano ele o colocou no Jardim do Éden com a finalidade de cuidar dele, lavrar a terra e produzir. Nunca foi plano de Deus que o homem vivesse sem objetivo, como um animal no pasto cuja única finalidade é comer, crescer e morrer. Pense nisto! Qualquer um, se quiser, pode fazer alguma coisa. Não é porque os homens já inventaram muitas coisas que não há mais o que inventar. O universo é o limite, basta pensar um pouco que você também descobre alguma coisa que ainda não foi feita e poderá fazer contribuindo para o bem geral. Pense no camarada que inventou, digamos, o zíper. Coisa insignificante, mas que valor não tem nas roupas de hoje! Quem sabe se você não será o próximo inventor?

Os comentários estão encerrados.