Feliz Semana
24/10/2020
Culto de Domingo 25/10
25/10/2020

Meditação diária de 25/10/2020 por Flávio Reti – Tinteiro

25 de outubro

II Timóteo 3:13  “Mas os homens maus e impostores irão de mal a pior, enganando e sendo enganados”

Tinteiro

Tinteiro não é, obviamente, uma lata de tinta. Houve um tempo em que para alguém escrever era necessário molhar a pena, de ganso ou metálica, na tinta e escrever com ela enquanto estivesse molhada de tinta. Depois era necessário molhá-la de novo e continuar escrevendo, um trabalho enfadonho, mas era assim que se escrevia antigamente. Como depósito de tinta para molhar a pena seguidamente, criaram os tinteiros de vidro, de porcelana, de prata e de lata. Foi inventado em 1884 para facilitar pra quem escrevia. O escritor mergulhava a pena na tinta dentro do tinteiro para molhar a pena e continuar escrevendo. Os tinteiros de porcelana era ao mesmo tempo uma utilidade para se escrever e uma decoração na mesa, na escrivaninha, porque eram obra de arte. Os tinteiros de prata tinham a mesma serventia mas denotavam aristocracia, riqueza e os tinteiros de vidro ou de lata ficavam para os menos significantes na sociedade. Eu me lembro, na minha escola primária, quando fui promovido para o segundo ano, já passei a usar tinteiro, pena de metal e comecei escrevendo à tinta, um grande progresso. Mas, a criançada, de vez em quando deixava virar o tinteiro na carteira e era aquela anarquia de tinta no chão, na carteira, no material escolar, só sujeira. Foi então que a Secretaria da Educação mandou distribuir de graça um tipo de tinteiro feito de lata que mesmo que virasse de ponta cabeça a tinta não escapava. Era chamado de tinteiro econômico e acabou o derramamento de tinta pela sala de aula. Depois apareceu no mercado as canetas-tinteiro e os tinteiros mesmo ficaram para trás e caíram no esquecimento. Se você pensa que tinteiro era só no meu tempo de criança, você se enganou, porque ainda hoje os tinteiros são usados para abastecer de tinta as almofadas usadas para carimbo. Para escrever, hoje não se fala mais em tinteiro, mas em cartucho de tinta usado nas impressoras e se for necessário ainda escrever à mão com caneta, se usa as canetas esferográficas. Tudo passa nesta vida, passou minha infância, passou a época do tinteiro, da caneta com pena metálica, ninguém mais tombou o tinteiro e fez “lambuzeira” na sala de aula, tudo hoje está diferente. E a vida vai mudar ainda mais, mas por estranho que pareça, a bíblia pinta um quadro sombrio para os últimos dias aqui nesta terra: “Sabe, porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos difíceis, pois, os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobediente a seus pais, ingratos, ímpios, sem afeição natural, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus” (II Tim.3: 1-4). Preciso dizer mais alguma coisa?

Os comentários estão encerrados.