Meditação diária de 23/10/2017 por Flávio Reti
23/10/2017
Meditação diária de 25/10/2017 por Flávio Reti
25/10/2017

Meditação diária de 24/10/2017 por Flávio Reti

24 de outubro
Dia das Nações Unidas

Salmos 133:1   “Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!”

Em 1945 foi feita entre as nações uma carta chamada “carta das Nações Unidas” e desde 1948 essa data vem sendo comemorada anualmente. Existiu até o início da segunda guerra o que se conhecia como Liga das Nações que foi extinta por causa da emergência da II grande guerra mundial. Após a II guerra foi assinada a Carta das Nações dando origem à ONU. Segundo essa bendita carta das nações, os objetivos da ONU são:1º. manter a paz e a segurança em todo mundo. 2º. Mediar e promover relações amistosas entre as nações. 3º. Promover cooperações na resolução de problemas internacionais. 4º. Ser o centro responsável em reunir as nações em torno desses objetivos.

A ONU, atualmente, é composta por 193 países, se constituindo como a maior organização internacional do mundo em número de países que a compõem. Desse total, 51 são os fundadores, incluindo o Brasil. O último país a integrar o bloco foi o Sudão do Sul, em 2011 quando se tornou um país independente. ONU é o nome geral, lá dentro ela se subdivide em a) Assembleia Geral; b) Conselho de Segurança, c) Conselho Econômico e Social, d) Conselho de Tutela, e) Corte Internacional de Justiça, f) Secretariado Geral. Você acabou de ler acima que um dos objetivos da ONU é manter a paz e a segurança em todo o mundo, mas responda rápido: Está havendo paz e segurança no mundo? A ONU está cumprindo seu propósito inicial, votado na carta das nações?

É uma grande organização, mas de nenhuma ou quase nada isso ajuda a igreja de Deus na terra. São países reunidos em torno de seus objetivos políticos, comerciais e, sem dúvida, satanás passeia no meio deles efetivando os seus objetivos que é enganar, tumultuar e pôr a perder muita gente. Ellen White via isso para o futuro como a grande confederação do mal dos últimos dias

O espírito mestre na confederação do mal trabalha continuamente para ocultar as palavras de Deus, colocando em evidência as opiniões dos homens. Ele quer que não ouçamos a voz de Deus dizendo: “Este é o caminho; andai nele” (Isa. 30:21). Mediante pervertidos processos educativos está ele fazendo o possível para obscurecer a luz celeste” (Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes, p.377). 

Aproximamo-nos do fim da história terrestre, e Satanás está trabalhando como nunca antes. Ele está procurando atuar como dirigente do mundo cristão. Com uma intensidade que é incrível, está agindo com os seus enganosos prodígios. Satanás é representado andando em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar. Deseja envolver o mundo inteiro em sua confederação. Ocultando sua perversidade sob o disfarce do cristianismo, Ele assume os atributos de um cristão e alega ser o próprio Cristo” (Eventos Finais, p.155; Manuscript Releases, vol. 8, pág. 346). Note a expressão “confederação” em ambas as citações. É bem isto que estamos vendo. O mundo inteiro se unindo em torno de um objetivo comum que logo vai nos atingir como crentes diferentes da maioria e culpados de desgraças que em breve começarão acontecer por força das últimas pragas que recairão sobre a terra. Mas “nada temos a temer quanto ao futuro a menos que esqueçamos a maneira que Deus nos tem guiado no passado”. A hora está chegando, o mundo está se afunilando e algo grandioso está para acontecer: A volta de Jesus com poder e grande glória. “Ora, vem, Senhor Jesus” (Ap.22:20). Nossa parte não é ficar preocupado com as nações rugindo ao nosso redor, é pensar em se preparar e descansar nas promessas de Deus, confiantemente viver a vida cristã na certeza de que Deus está ainda no controle do universo e que seu plano elaborado desde épocas eternas será finalmente executado para o bem de seus filhos fieis. O tempo corre celeremente, é pouco tempo mais e tudo neste mundo terá sido mudado e nós já estaremos no céu. Vamos continuar vivendo a vida cristã normalmente enquanto esperamos com paciência.

Os comentários estão encerrados.