Semana de Oração
23/11/2020
Semana de Oração
24/11/2020

Meditação diária de 24/11/2020 por Flávio Reti – Babyliss

24 de novembro

Mateus 6:33 “Buscai primeiro o reino de Deus e sua justiça e todas as demais coisas vos serão acrescentadas”

Babyliss

Deus nos fez diferentes uns dos outros por algum propósito. Alguns têm o cabelo liso, outros encaracolados, outros ainda ondulados e outros mais cacheados naturalmente. Isso sem falar na cor preto, loiro, castanho, avermelhado e por aí vai. Acontece que muito poucas pessoas estão contentes com o visual que têm, e o cabelo é um item que dá ares de personalidade, basta ver que as pessoas que por alguma razão perdem o cabelo imediatamente cobrem a cabeça ou lançam mão de uma peruca como recurso. É exatamente aí que entra em cena o babyliss que as pessoas confundem se é o cacho em si ou se é o aparelho para modelar os cachos. Mudar o estilo dos cabelos de diferentes maneiras é um recurso muitíssimo usado pelas mulheres, e por alguns homens também, para variar o visual costumeiro do dia a dia. Cachos ou ondas sempre dão um visual diferente e a mulherada se descabela correndo atrás de alguma coisa que faça seu cabelo mudar a cara, dar volume, soltura e brilho. Nessa as empresas produtoras de xampus e aparelhos dedicados ao trato do cabelo crescem e ganham dinheiro se aproveitando da tendência da moda em estilizar os cabelos. Para cachos pequenos, um babyliss fino, para cachos grandes um babyliss grosso. Houve uma época, a década dos Beatles, que deixar o cabelo sujo, emporcalhado, mal cheiroso, comprido era o que dava a característica principal da onda de liberdade que os hippies reclamavam. O grande festival hippie de Woodstock foi o ápice dessa moda, essa maneira estranha de reclamar liberdade para os jovens. Mas o babyliss se popularizou como aquele aparelhinho de fazer cachos, um modelador de cabelos, muito conhecido entre as mulheres, mas pouca gente sabe que babyliss pode se referir ao cacheado em si, ao aparelho para fazer cachos, mas na realidade é o nome de uma marca de modelador para cachos. Tanta preocupação com os cabelos, com modeladores, com xampus, com visual, com estilo e o que você acha que sente uma pessoa que não tem cabelos, um careca digamos, ou uma mulher que sofreu o tratamento de quimioterapia e perdeu os cabelos?  Quero acreditar que a pessoa sem cabelo se sente um aleijado, porque o cabelo é parte do corpo. O babyliss não faz nascer cabelo, ele só interfere no visual. A bíblia fala de pessoas que tinham o cabelo bem comprido: Sansão, um dos juízes de Israel (Juízes 13:5), Maria Madalena que lavou os pés de Jesus com perfume e enxugou com seus cabelos (João 12:3), Absalão, filho do rei Davi com uma cabeleira pesando alguns quilos (II Sam.14:26), mas não consta que algum deles tenha usado Babyliss. Parece que estamos falando de coisa supérflua quando o essencial é outra coisa.

Os comentários estão encerrados.