Feliz Semana
23/01/2021
Culto de Domingo
24/01/2021

Meditação diária de 24/01/2021 por Flávio Reti – Por que dizemos vinho seco se ele é líquido?

24 de janeiro

Provérbios 23:20  “Não estejas entre os bebedores de vinho nem entre os comilões de carne”

Por que dizemos vinho seco se ele é líquido?

Por que se admirar com a pergunta, se muitos alimentos que sempre foram líquidos agora se acham no mercado em forma de pó? Temos leite em pó, café em pó, sucos mais diversos em pó, até álcool já se faz em pó, só nos falta inventar água em pó. Com o nome de Palcohol (Powder Alcohol), ou Álcool em pó, foi lançado no mês de Abril de 2018 na Inglaterra e nos Estados Unidos e já pode ser encontrado no mercado em forma de sachê e que pode ser levado no bolso para qualquer lugar. Mas quando dizemos que o vinho é seco, não nos referimos ao seu estado físico, mas ao seu teor de açúcar. O vinho é classificado em seco, suave e doce. O vinho é considerado seco quando só contém até 5 gramas de açúcar por litro, suave quando tem até 20 gramas de açúcar por litro e doce quando tem mais de 20 gramas por litro, sem falar que todo vinho possui álcool em menor ou maior proporção. Em geral os vinhos contêm 12% de álcool, mais do que as cervejas com 6% de álcool, mas pode chegar a 20%. O recém lançado Palcohol traz com ele uma lista de preocupações: os menores de idade poderão levar e usar mais sorrateiramente, ele poderá ser levado aos estádios, aos teatros, às salas de aula e numa ida ao banheiro ser misturado com um copo de água e o frequentador pode voltar de lá bêbado. Os sucos naturais podem agora ser misturados, “batizados” com Palcohol, e quem bebe pode não perceber, só vai saber quando a cabeça começar parecer girando e o camarada vomitar o suco. O gênio inventivo para o mal é impressionante, tudo de bom que temos pode ser adulterado para o mal. Nossos alimentos industrializados quase todos levam açúcar ou sal em excesso, se não for sal e açúcar, serão gorduras e óleos saturados e se isso for pouco acrescentamos emulsificantes, conservantes, acidulantes, estabilizante e outros químicos que estão aparecendo agora em códigos e não pelo nome, talvez pra ludibriar os mais incautos. A palavra de Deus aconselha os crentes a nem olharem para o álcool (Prov.23:31) e acrescenta que “quem nele errar nunca será sábio” (Prov.20:1). Segundo a palavra de Deus, o certo é ficar longe do vinho, quer seja seco, suave ou doce porque todos contém o maldito álcool que faz errar os fracos de entendimento. 

Os comentários estão encerrados.