Comentários da Lição 8 (2o Trim/2020)
22/05/2020
Um Abençoada Semana
23/05/2020

Meditação diária de 23/05/2020 por Flávio Reti – Ferro de ferrar

23 de maio

Apocalipse 14:9-10  “Se alguém adorar a besta e a sua imagem e receber o sinal na sua fronte ou na mão, também o tal beberá do vinho da ira de Deus”

Ferro de ferrar

Provavelmente você já ouviu a expressão “estou ferrado” ou “você vai se ferrar”. No nosso caso nenhuma das duas expressões se aplicam, senão por analogia. É que a expressão vem do costume, ainda vigente, entre os criadores de gado de marcar com ferro quente em brasa a anca dos animais com as iniciais de seu nome para evitar roubos de gado, extravio quando o animal escapa e vai para outras pastagens dos vizinhos. Valendo-se disso, os escravocratas também costumavam marcar seus escravos com ferro quente queimando não a anca, as nádegas, como se fazia com os animais, mas no rosto do escravo, para que este não fugisse da fazenda onde vivia. Então, ele podia dizer com propriedade “estou ferrado”. Fala-se, não se prova, de que nos tempos em que não havia as sulfas, os antibióticos, as doenças venéreas eram muito recorrentes e para curar, quando os homens tinham o pênis purulento, os médicos costumavam queimar com um ferro em brasa. Esquentava-se o ferrete e introduzia no pênis do homem infectado para queimar as bactérias, e ele dava urros de dor antes do invento da anestesia. E, dizem, vem daí a expressão “você vai se ferrar”. Como se vê, não é uma expressão que tem uma bela origem, é um tanto deprimente e obscena, logo não é um bom Português o uso dessas expressões que devem ser evitadas. Aqui no UNASP –HT tínhamos um administrador da leiteria, com o quem trabalhei quando era aluno e com quem aprendi muitas coisas boas de honestidade e princípio, ele mesmo tinha algumas vacas e tinha também um ferro de marcar, que a família me deu depois da morte dele e eu guardo comigo até hoje. Com aquele ferro nas mãos, você quase ouve os berros que as vacas davam quando eram marcadas com as iniciais do dono. A bíblia fala que os salvos terão um selo de Deus na testa e na mão direita que os identificará com Cristo a quem rendem obediência e fala também que os ímpios terão a marca da besta nas suas testas e nas suas mãos direitas, também identificando-os com quem adoram e a quem servem. Agora pense: O selo confere valor e distinção, é desejado e nunca imposto. Já a marca, semelhante à marca do ferro de marcar, será imposta pelo poder opressivo da besta dos últimos dias. Se temos a oportunidade de escolher qual das identificações queremos ostentar na nossa testa, qual delas vamos preferir hoje, enquanto fazemos escolhas? Porque virá o tempo em que a porta da graça irá se fechar e as escolhas uma vez feitas estarão feitas para sempre.

Os comentários estão encerrados.