Meditação diária de 21/05/2020 por Flávio Reti – Fissão Nuclear
21/05/2020
Programação de Sábado – 23/05 Ao vivo
22/05/2020

Meditação diária de 22/05/2020 por Flávio Reti – Fita Adesiva

22 de maio

Apocalipse 11:18  “Iraram-se as nações… então… veio o tempo de destruíres os que destroem a terra”

Fita Adesiva

Fita adesiva nada mais é do que uma tira de alguns metros e que pode ser de plástico, de pano, de papel com uma camada de cola em uma das faces usada para unir duas coisas. Como fita adesiva de pano temos o esparadrapo, como fita adesiva de plástico temos a fita isolante, o durex e como fita adesiva de papel temos a fita crepe. Mas há muitos e variados tipos de fita adesiva, as específicas para colar caixas, as próprias para envolver canos de aquecimento ou de resfriamento dos aparelhos de ar condicionado e até fita aluminizada de um lado para vedação de locais onde passa água, as chamadas Silver tape. Por alguma razão ainda desconhecida, aqui no Brasil se acostumou chamar de Durex um tipo de fita transparente, de plástico, utilizada para colar papel, mas Durex é o nome da empresa que produz a fita colante instalada aqui em 1946 e com isso a população em geral acaba chamando de durex qualquer fita colante. Pode parecer estranho, mas o material que torna as fitas colantes, a cola em si, foi desenvolvida em 1845 por um cirurgião dentista de nome Horace Day (Não confundir com o pintor americano com o mesmo nome). Aqui mesmo, em Hortolândia temos uma fábrica de adesivos pertinho de nós, a Adere cujo logo é “Colou tá colado”. Um uso comum das fitas adesivas é na hora de imobilizar animais ferozes como cachorro, jacaré, quando os domadores e domesticadores enrolam a fita no focinho ou na mandíbula do animal e ele não tem a força suficiente para romper a fita e abrir a boda ficando inofensivo. Imitando esse costume, alguns meliantes ladrões também costumam prender a vítima com fita adesiva e imobilizar as pessoas para roubar. Agora pense comigo um pouquinho: Uma coisa tão útil, usada hoje em centenas de utilidades facilitando o empacotamento, o fechamento de embalagens, vedando trincas nas lajes, prendendo curativos nos doentes e depois usada para o mal, para a bandidagem se aproveitar dela para fazer vítimas. Não é a mesma coisa que as pessoas fazem com as coisas de Deus? Aquelas que foram feitas para nosso maior bem, muitas vezes, são utilizadas para o mal. Deus deixou os elementos químicos da natureza, mas os homens usam para fazer venenos, fazer bombas como a dinamite. Nós, os homens, somos capazes de deturpar tudo que Deus fez e por pouco não estamos destruindo a própria terra, nosso local onde vivemos. Depauperamos a natureza com prejuízo do nosso próprio bem estar. É uma pena, mas assim agimos nós!

Os comentários estão encerrados.