Nota de Falecimento – Rafael Matumoto
21/02/2019
Comentários da Lição 8 (1o Trim/2019) por Classe 3
22/02/2019

Meditação diária de 22/02/2019 por Flávio Reti – Sérgio Augusto Naya

22 de fevereiro

Eclesiastes 11:1  “Lança teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás”

Sérgio Augusto Naya

Ou simplesmente Sérgio Naya como ficou conhecido na mídia brasileira depois do desabamento do Edifício Palace II, no Rio de Janeiro. No seu currículo consta que ele era engenheiro, empresário e político brasileiro que chegou até o cargo de deputado federal pelo Estado de Minas Gerais. Como engenheiro, ele, assim que se formou, rumou para Brasília nos anos 60 onde muitos engenheiros estavam fazendo fortuna com a construção da cidade. Dez anos depois ele já era sócio de uma construtora chamada Sersan que construiu em Brasília o conhecido Bolo de Noiva. Em 1.989, ele conseguiu vender para o Ministério da Reforma e Desenvolvimento Agrário um prédio de 21 andares, mas com 7 deles interditado pelo Corpo de Bombeiros e com isso a compra foi desfeita, mas o governo jamais recuperou o valor das parcelas já pagas pelo imóvel. Na sua campanha para deputado federal, ele costumava chegar às pequenas cidades de helicóptero e ao descer distribuía para a população máquinas de costura, transmissores de rádio para as rádios comunitárias, granjeando-lhes a simpatia e com isso foi o deputado mais votado várias vezes. Ele chegou a ter cinco outorgas do governo para gerir Emissoras de Televisão e nove rádios FM. Mas, por veicular propaganda nas suas emissoras, o que era ilegal, ele acabou sendo cassado. O fato mais destacado na sua vida de engenheiro foi, em 1998, o desabamento do prédio Pallace II, no Rio de Janeiro, provocando a morte de 8 pessoas e deixando mais de 150 famílias desabrigadas. A obra já estava interditada porque um funcionário da construção caiu no fosso do elevador que apresentava defeito. A sua construtora, a Sersan, foi acusada de usar material de segunda categoria, de qualidade duvidosa, na construção do prédio, e já tinha a obra quatro vezes embargada pela má qualidade dos materiais e com isso nunca recebeu o “habite-se”. Depois do desabamento, Naya fugiu para Miami, mas foi localizado e só ficou preso 137 dias. Para ressarcir o prejuízo dos mutuários, ele teve seus bens leiloados para indenizar as 120 famílias prejudicadas com o desabamento, mas até o seu falecimento, em 20 de fevereiro de 2.009, as execuções judiciais não haviam ainda sido liquidadas.

Você acabou de ler algumas pinceladas sobre a vida desse homem, mas conseguiu abstrair quanta coisa errada ele perpetrou e quanta consequência desastrosa ele causou? Assim é a vida de muita gente que não têm escrúpulos, não tem o amor de Jesus no coração, não se comove com a desgraça humana, tem um coração insensível às desgraças alheias. Não é assim no evangelho de Jesus, antes, quem quiser ser o primeiro, que seja aquele que serve.

Os comentários estão encerrados.