Meditação diária de 20/08/2019 por Flávio Reti – Joaquim da Silva Rabelo
20/08/2019
Quebrando o Silêncio 2019
21/08/2019

Meditação diária de 21/08/2019 por Flávio Reti – Leonardo di Ser Piero da Vinci

21 de agosto

I Coríntios 7:7  “…mas cada um tem de Deus o seu próprio dom, um deste modo e outro daquele”

Leonardo di Ser Piero da Vinci

Pergunte apenas o que esse Senhor não foi na vida? Se ele atuou como pintorescultorarquitetoengenheiromatemáticofisiólogoquímicobotânicogeólogo, cartógrafofísicomecânicoinventoranatomistaescritorpoeta e músico?  Sem dúvida uma das personagens mais ilustres da Itália no período do renascimento. Considerado um dos mais sublimes pintores que já viveu neste mundo. Dizem que a profundidade de seu intelecto, sua capacidade de raciocínio, a visão de seus interesses não se igualaram a ninguém e para muitos uma personagem sobre humana, um homem misterioso e profundo demais para sondá-lo por dentro. Mona Lisa e a Santa Ceia são duas obras dele que são as mais reproduzidas até hoje. Leonardo projetou naquele tempo o helicóptero, um tanque de guerra, o uso da energia solar, a calculadora e elaborou teoria sobre as placas tectônicas. Atuou no campo da anatomia, na engenharia civil, na ótica e na hidrodinâmica. O homem tinha talento em todas as áreas e por isso concebeu ideias muito na frente de seu tempo, não por menos que ele é considerado um gênio. Analisaram seu QI e chegaram a 180, caso quase inédito. Além do mais diziam que ele possuía excepcional beleza física e era muito generoso, grande admirador da natureza e dos animais, era vegetariano, mas tinha um hábito um tanto estranho: gostava de comprar pássaros engaiolados simplesmente para pô-los em liberdade e vê-los voarem livremente. Consta que Leonardo ajudou muitos outros cientistas, pensadores, matemáticos e artistas nas suas respectivas áreas. Ele mantinha muitos amigos, mas da sua vida particular, privada, pouco se sabe. Especulavam sobre sua sexualidade, uma vez que ele pouco se relacionava com mulheres, mas mais com homens envolvidos nalguma das áreas que ele admirava e mantinha. Alguém disse que Leonardo foi o homem que “acordou cedo demais na escuridão, enquanto os outros continuavam a dormir”, naturalmente se referindo ao iluminismo saindo da Idade Média na Europa. O jovem Leonardo produziu mais de 200 desenhos e estudos do corpo humano, o esqueleto, os músculos, os nervos, o coração, o sistema vascular e os órgãos internos. Ele foi o primeiro a desenhar um feto dentro do útero. Em fisiologia, ele fez estudos sobre o envelhecimento humano, os traços faciais e sobre o efeito da raiva nas pessoas. Ele dissecou animais diversos, como vacas, macacos, aves, rãs e até ursos. Difícil é dizer o que esse homem não fez, porque pelas informações que temos ele era realmente um gênio.

Ele pintou o quadro da “última ceia”, mas não sabemos até onde ele realmente admitia o Senhor Jesus na sua vida, porque de nada adianta ser isso ou aquilo e não ser admitido como filho de Deus, de nada adianta saber tudo nesta vida e não saber o que virá depois, de nada adianta títulos e mais títulos, diplomas disso e daquilo e não ter noção dos caminhos que levam ao céu. Oxalá ele tenha tido oportunidade de decidir sua vida ao lado de Jesus e tenha a entrada à cidade celestial fraqueada na volta de Jesus.

Os comentários estão encerrados.