Feliz Semana
18/07/2020
Meditação diária de 20/07/2020 por Flávio Reti – Margarina
20/07/2020

Meditação diária de 19/07/2020 por Flávio Reti – Marca-passo

19 de julho

Provérbios 15:13  “O coração alegre aformoseia o rosto, mas pela dor do coração o espírito se abate”

Marca-passo

Não me diga que você está pensando em um exército marchando marcando passo! Porque marca-passo é um aparelhinho eletrônico de uso médico utilizado para regular os batimentos cardíacos. Ele provoca um estímulo elétrico, que nada mais é do que um pequeno choque no tecido do coração, quando os batimentos estão abaixo do normal ou acima do normal. Os primeiros aparelhos ficavam grudados no corpo pelo lado de fora e eram com frequência desconectados, quebrados ou perdidos. Hoje, além de ter diminuído o tamanho do aparelho, ele é hermeticamente fechado, selado, dentro de uma capsula de metal, geralmente titânio que por ser um material inerte não causa rejeição, colocado em baixo da pele tendo um eletrodo que vai até o coração. O inconveniente dos marca-passos internos é que a bateria vai precisar ser trocada algum dia e nesse caso o médico terá que abrir a pele novamente. Mas o marca-passo pode acelerar o ritmo cardíaco lento, chamado de braquicardia, ou ajudar a diminuir o ritmo acelerado, chamado de taquicardia. Antes da invenção do marca-passo, sem chance, o indivíduo com alguma arritmia estava condenado a morrer sem que se pudesse fazer alguma coisa para evitar, mas com o avanço da eletrônica de precisão e com a fabricação de microcomponentes, foi possível a criação do marca-passo discreto que tem ajudado salvar muitas vidas, evitando que morressem precocemente. O marca-passo não causa dependência, mas se o médico o receitou para você é porque você já está dependendo dele, algum problema de alteração nos batimentos você deva ter. Normalmente ele é indicado para pessoas cujo batimento está abaixo de 40 bpm (batimento por minuto) ou pessoas com falhas de batimento, algumas que ficam até 3 segundos sem bater o coração. A dica para se saber se precisa ou não de um marca-passo é a sensação de cansaço ou tontura com pequenos esforços. Pensando aqui comigo, eu que não sou médico, acho que a musculatura do coração deve ser mole, maleável, para que ele possa bater, se movimentar. Na minha ótica, se ele for rijo, duro, ele vai perder os movimentos e vai dificultar a vida do corpo todo. Paulo, escrevendo aos Hebreus, pediu a eles que se hoje ouvissem a voz de Deus, não endurecessem o coração (Hebr.4:7) e o autor de Provérbios aconselhou a guardar acima de tudo o coração, porque dele, diz o sábio, é que procedem as fontes da vida (Prov.4:23). Nosso coração está nas preocupações de nosso Deus, porque ele é conhecedor do coração de todos (Atos 1:24) e Jesus percebeu que o coração de seu próprio povo estava endurecido (Mateus 13:15). Davi estava no caminho certo quando clamou: “cria em mim, ó Deus, um coração puro (Salm.51:10). 

Os comentários estão encerrados.