Resumo da Lição Escola Sabatina – “Olhando as Pessoas pelos Olhos de Jesus”
17/07/2020
Feliz Semana
18/07/2020

Meditação diária de 18/07/2020 por Flávio Reti – Máquina de lavar

18 de julho

Eclesiastes 9:10  “Tudo quanto te vier às mãos para fazer, faze-o conforme as tuas forças…”

Máquina de lavar

Eu ainda me lembro de ver mulheres à beira de um rio lavando roupa e batendo com elas na pedra. Embora elas estivessem dentro da água do rio, com a água na altura dos joelhos, o restante do corpo ficava exposto ao sol e visivelmente era um trabalho muito cansativo e difícil de suportar, porque elas não tinham uma máquina de lavar roupas. Foi a partir da revolução industrial que muitas tentativas foram feitas para se chegar a uma máquina de lavar que fosse eficiente. A primeira patente requerida, de uma máquina de lavar roupas, foi em 1691 e a segunda patente de uma máquina agora rotativa foi em 1752, na Inglaterra. Realmente era um tambor rotativo que agitava as roupas lá dentro, mas era manual, e cansava as lavadeiras do mesmo jeito das que lavavam no rio. Somente depois que se passou a usar a eletricidade, com a invenção dos motores elétricos, é que a máquina de lavar recebeu um motor e daí já estávamos no século XX quando ela se popularizou e apareceram as indústrias produzindo em escala comercial a partir de 1906, por um americano de nome Alva J. Fisher. A indústria cresceu tanto que hoje você tem opções de marcas, de modelos, com abertura frontal ou abertura superior, máquinas que lavam, centrifugam e secam automaticamente sem que a lavadeira coloque as mãos sequer na água. Dá ainda para escolher o nível da água, o tempo de lavagem dependendo do tipo da roupa, se leve ou pesada, com relógio para ligar e desligar programadamente no horário que se quer. A eletrônica aplicada nas máquinas permite fazer milagres, a tecnologia não tem limites, basta que se tenha um ponto de abastecimento de energia elétrica e um ponto de fornecimento de água e uma ligação de esgoto para jogar fora a água usada. Para sofisticar um pouco mais, elas vêm com um visor de vidro permitindo que se possa ver tudo que acontece lá dentro da máquina. Ela faz tudo sozinha e pode ainda ser ligada aos computadores para controle à distância pela internet. O que mais você pensaria em ter em uma simples máquina de lavar roupa? E se por acaso ela vier a se quebrar, suas peças ainda são utilizadas por outros profissionais, se não veja: O motor, a bomba d’agua são reaproveitadas pelos plantadores de verduras hidropônicas como equipamento de irrigação, o timer vai ser usado em estufas onde os agricultores amadurecem bananas, o tambor vira lixeira na frente da casa, a lataria externa, a carcaça, vira ninho de galinhas nos sítios. É a lei de Lavoisier, onde nada se perde, tudo se aproveita. Já pensou se nós, pessoas, fôssemos tão eficientes assim e depois de aposentados ainda servíssemos para outras atividades? Uma máquina de lavar nos dá uma boa lição de eficiência na vida.

Os comentários estão encerrados.