Meditação diária de 16/09/2020 por Flávio Reti – Receptor de satélite
16/09/2020
Meditação diária de 18/09/2020 por Flávio Reti – Refrigeração
18/09/2020

Meditação diária de 17/09/2020 por Flávio Reti – Redes Sociais

17 de setembro

I Coríntios 10:12  “Aquele, pois, que pensa estar em pé, olhe não caia (cuide para não cair)”

Redes Sociais

Encontrei uma boa definição para Rede Social: “Rede social é uma estrutura social composta por pessoas ou organizações, conectadas por um ou vários tipos de relações, que compartilham valores e objetivos comuns”. É uma rede que não tem estrutura, não tem uma hierarquia, ela se forma e se desfaz em segundos, se liga horizontalmente e verticalmente, circula o globo terrestre e não tem um alguém dirigindo. Curioso que ela é aberta, entra quem quer e quando quiser pode sair dela. E ela, a rede, aceita tudo que você puser nela, verdades e fakes, o filtro é você mesmo e dependendo do seu click ela leva e traz coisas úteis e muito lixo também. As redes mais conhecidas do público é o Facebook, o Twitter, o Instagram, o Google+, o Youtube, o Linkedin e outras de menor expressão. É muito difícil você achar um cidadão que não esteja arrolado numa rede social trocando informação com centenas de outros. Já que é aberta, qualquer um pode participar, as pessoas aproveitam para usar com objetivos políticos, profissionais, comunitários, militares e, convenhamos, encontramos muita coisa boa na rede que favorece a população de várias maneiras. As redes sociais vêm se fortalecendo e crescendo, adquirindo importância na sociedade exatamente pela utilidade que ela consegue passar adiante. Todas as redes conhecidas pretendem passar informação, conhecimento, facilidade ao buscar as informações. Com um tablete ou um smartphone o cidadão tem o mundo praticamente na mão onde ele entra, faz negócios, passa informação, recolhe dados, compra, vende em um universo quase ilimitado onde ele é visto e exposto na rede diante de milhões de outros cidadãos iguais a ele. Os lojistas vão direto ao celular das pessoas e deixam lá sua propaganda, seu apelo comercial, o cidadão entra na loja sem sair do lugar e compra de tudo e também paga via rede. É uma maravilha! Depois das redes sociais em funcionamento, a psicologia, a sociologia, a antropologia têm uma nova forma de ver o lado social, mudou o paradigma dessas disciplinas, o comportamento social hoje é outro. É verdade, parece que tudo mudou, lá dentro de si o homem não mudou em nada, absolutamente, porque ele continua mentindo, enganando, trapaceando dentro das redes. Aparentemente tudo evoluiu, mas seguramente o coração humano continua manipulado pelo pecado que está impregnado no mundo, inclusive dentro das redes sociais com a promiscuidade, a pornografia, a pedofilia na distância de um click. Jesus precisa voltar logo para termos nossa rede social no céu, longe do mal. A rede social daqui já nasceu contaminada e o apelo maior dela é sempre para o mal, pouca coisa boa realmente há nas redes, o restante é ilusão e degeneração dos princípios cristãos.

Os comentários estão encerrados.