Meditação diária de 16/04/2020 por Flávio Reti – Cortador de vidro
16/04/2020
Programação próximo Sábado – 18 de abril – Transmissão Ao Vivo
17/04/2020

Meditação diária de 17/04/2020 por Flávio Reti – Cronômetro

17 de abril

Eclesiastes 3:11  “Tudo fez (Deus) formoso em seu tempo, também pôs na mente do homem a ideia da eternidade…”

Cronômetro

A palavra cronos na sua origem significa tempo, e metro medir, logo, um medidor do tempo, então, um relógio é um cronômetro. A palavra “chronometer” inicialmente criado por um morador da cidade de Beverley, na Inglaterra, em 1714, de nome Jeremy Thacker, foi o nome que ele deu a um relógio que ele mesmo instalou dentro de uma câmara de vácuo. Eu não sei dizer como, mas ele queria com suas invencionices estabelecer rotas marítimas mais seguras relacionando seu cronômetro com as estrelas para navegação noturna, coisa de um antigo Macgyver, que eu não entendi. O cronômetro, como o conhecemos hoje, evoluiu a partir de 1860 nas mãos das empresas Seiko do Japão e Tag Heuer da Alemanha e já não se preocupa mais em marcar tempo em horas ou minutos, mas em segundos, isso quer dizer com mais precisão. Hoje você encontra relógios e cronômetros à venda em qualquer banca de camelô e que não precisa de ser instalado em algum local, mas que você pode levar no braço para qualquer local. Os mais sofisticados são à prova d’agua e você pode mergulhar com ele, praticar esportes aquáticos sem problema, ele funciona até debaixo d’agua. Quero dizer que cronômetro não é mais novidade pra ninguém, pois até nos celulares temos cronômetro. Agora entenda, cronômetro não é a mesma coisa que timer (pronúncia táimer). O timer é um relógio para você estabelecer antecipadamente um horário de alguma atividade, normalmente usado para alarmar em determinada hora, ou iniciar uma atividade, uma gravação do programa que vai passar naquele horário. Já o cronômetro é um medidor de tempo em segundos e pode contar progressivamente ou regressivamente, dependendo do que você quer fazer, em que você vai usar. Estamos falando em divisão de tempo, em contador do tempo, mas você já se deu conta de que o tempo é implacável? Ele está passando seguramente nesse exato momento, a fila está andando, logo nosso cronômetro da vida vai zerar, e depois? Depois, só Deus sabe. Hoje é o dia, hoje é o momento de nós tomarmos consciência do tempo em que estamos vivendo, essa dádiva de Deus, essa oportunidade de pensarmos na vida futura, no céu, vida imortal onde não existirá relógio nem cronômetro para medir o tempo que será eterno. Alguém disse que se este mundo, nossa terra, fosse uma enorme bola de ferro e a cada 1.000 anos um passarinho viesse e limpasse o bico nessa bola de ferro, quando terminasse de gastar a bola teria apenas começado a eternidade. Essa é a vida que nos aguarda ao lado de Jesus, o que precisamos é tomar consciência disso.

Os comentários estão encerrados.