Programação de Sábado – 16 de maio / Ao Vivo
15/05/2020
35º Encontro de Ex-alunos – UMA NOVA REALIDADE
16/05/2020

Meditação diária de 16/05/2020 por Flávio Reti – FAX

16 de maio

I João 5:12  “Quem tem o filho tem a vida, quem não tem o filho de Deus não tem a vida”

Fax

Quem tem um aparelho de fax hoje deve tê-lo jogado no fundo de alguma garagem, porque as telecomunicações avançaram e sem piedade deixaram o aparelho de fax para trás. Era uma tecnologia avançadíssima usada para transferir documentos de uma máquina para outra pela linha telefônica. A ideia de transmitir documentos a longa distância e recuperar na ponta da linha foi de 1843, por Alexander Bain, mas só virou realidade nos Laboratórios Bell em 1926. O primeiro sistema de fax foi instalado no Japão, em 1949, e só ficou disponível para a população em geral no ano 1973 quando começou a ser produzido em escala comercial. Como funcionava? Era um escâner, um moden e uma impressora ligada na linha telefônica tudo em um só aparelho. Se eu enviava, a máquina de lá recebia e imprimia e se alguém enviasse de lá, a minha máquina aqui recebia e imprimia. Era, aparentemente, a quebra dos correios que não iriam mais levar e trazer correspondências comerciais, porque correspondência chegava quase instantaneamente. Com o advento da internet, quem se quebrou foi o sistema de fax, porque agora tudo se faz no computador, escaneando, digitalizando e enviando via E-mail muito mais rápido pela internet do que pela conexão discada nas linhas telefônicas. Mas nunca pense que o fax morreu de vez, porque muita gente ainda usa por segurança, porque pela internet um hacker pode entrar no seu computador e no fax não há essa possibilidade, logo, ele é mais seguro e mais confiável do que na internet. É praticamente impossível piratear as transmissões via fax porque os dados só transitam de um ponto ao outro e não passeia pela rede nem passa pelos centros de distribuição ou os nós da rede. Embora o aparelho de fax seja por muitos considerado obsoleto, muitos governos e muitas empresas multinacionais ainda preferem o fax ao computador. Exatamente porque os governos e as grandes empresas não podem se dar ao descuido de ter suas informações haqueadas quando devem ser sigilosas. Além disso um aparelho de fax é muito mais fácil de se operar do que um computador. As secretárias precisam fazer cursos dependendo do software que vão usar na empresa e quem usa fax não precisa de curso algum. Mas é uma tecnologia que está passando para trás, muito semelhante a nossa vida que vai passando com o tempo implacavelmente. O tempo é cruel, não perdoa ninguém, e todos um dia passarão para a eternidade. Quando eu paro e penso que a vida é como uma sombra que vai declinando, a próxima pergunta é: E daí? O que vem depois? Para os fiéis Jesus acena com a possibilidade da vida eterna, mas para os ímpios a promessa é de morte eterna realmente. Por tudo isso, pense em uma conexão com Cristo, a única saída desse pensamento macabro do “depois o que vai acontecer?”.

Os comentários estão encerrados.