Meditação diária de 15/04/2020 por Flávio Reti – Cortador de Grama
15/04/2020
Meditação diária de 17/04/2020 por Flávio Reti – Cronômetro
17/04/2020

Meditação diária de 16/04/2020 por Flávio Reti – Cortador de vidro

16 de abril

Mateus 6:12  “E perdoa-nos as nossas dívidas assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores”

Cortador de vidro

O que acontece é que normalmente o vidro corta a mão, a embalagem, o invólucro e não que se corte o vidro, mas é possível cortar vidro, sim! Os vidraceiros detém uma certa técnica de fazer inveja aos leigos. Mas eles não cortam vidro como você está pensando em cortar com uma faca, ou com um serrote. Existem ferramentas adequadas para o profissional da área. Há cortadores manuais e há cortadores mecanizados, mas o mais comum é uma ferramenta pequena, semelhante a uma caneta, com cerca de 15 centímetros que um vidraceiro pode levar no bolso quando sai para instalar janelas e portas de vidro e precisa fazer pequenos recortes para ajustar o vidro no caixilho, na moldura. Um dos cortadores mais utilizados pelos profissionais é do tipo com uma ponta móvel diamantada e pode cortar vidros de até 10 milímetros de espessura. O uso desse tipo de cortador depende muito da firmeza do pulso da pessoa que o utiliza, porque se fizer muita pressão na hora de cortar, provocando um som de areia estalando, ele pode se decepcionar porque o vidro não vai ser cortado como queria e pode se quebrar ao invés de cortar, mas se não fizer com pulso firme, o cortador desliza como deslizaria em cima de uma chapa de ferro sem sequer arranhar o vidro. O que facilita muito o cortador é um óleo especial que o vidraceiro passa na superfície do vidro a ser cortado e os curiosos, que não têm esse óleo especial à mão, usam passar querosene que também resolve precariamente. Como hoje tudo que se faz é com máquinas dedicadas, para cortar vidro também existe máquina própria que já vem com dosador de óleo e com lâminas circulares que giram em alta velocidade, muitas RPM (rotações por minuto) que agiliza o serviço nas vidraçarias. Cortar vidro é uma arte, mas o mais difícil ainda é depois de cortado, aparar as rebarbas com uma lixa fina sem arranhar e deixar marcas na superfície do vidro que poderá ser um espelho, o vidro de um aquário, um protetor de quadro de uma foto rara entre outros. Como o vidro é um material que não se degrada quando deixado na natureza, com ele vai perdurar também o erro cometido pelo profissional cortador. Fazendo um paralelo com a nossa vida, muitos erros que cometemos perduram por toda a vida e muitas vezes têm consequências eternas que nunca mais poderão ser corrigidas. Pense naquela pessoa que morreu sem perdoar seu irmão, ela nunca mais terá a oportunidade de voltar para corrigir sua falha e seu perdão retido perdurará para a eternidade. Um vidro quebrado, simplesmente quebrou e nada mais, mas uma vida perdida é diferente o pensamento.

Os comentários estão encerrados.