10 Dias de Oração 2019
12/02/2019
Meditação diária de 14/02/2019 por Flávio Reti – James Bond
14/02/2019

Meditação diária de 13/02/2019 por Flávio Reti – Galileo Galilei

13 de fevereiro

I Corintios 12:1  “…não quero, irmãos, que sejais ignorantes”

Galileo Galilei

Esse nome está ligado à física para sempre. Foi Galileo quem desenvolveu os estudos mostrando as leis de movimento, aceleração, movimento do pêndulo, a lei da inércia e se tudo isso não bastasse seu nome está ligado à melhoria do telescópio para hoje termos ciência das manchas solares, das montanhas da lua, dos quatro satélites naturais de júpiter. São todas ideias que trouxeram a teoria do heliocentrismo. Antes de Galileo todos pensavam que a terra era o centro do nosso sistema solar, depois de Galileo todos sabemos que o sol é o centro do nosso sistema, dentro da nossa galáxia, a via láctea. Tudo isso além dos instrumentos que ele desenvolveu, como a balança hidrostática, o termômetro de Galileo, o relógio de pendulo, e por tudo isso ele é conhecido como o pai da ciência moderna. Embora gozasse de grande reconhecimento pelos seus feitos em favor do público em geral, ele passou a ter problemas com a igreja, na época da inquisição. O chamado tribunal do santo ofício pronunciou-se afirmando que a teoria do heliocentrismo era uma teoria herética e teologicamente errada e ele foi chamado a Roma para esclarecer seus argumentos e saiu dali com a proibição de divulgar seus conhecimentos e suas ideias. A história geral registra o que os historiadores chamaram de Idade Média, Idade Escura ou Época Medieval, um período em que a população mundial viveu sufocada pela ignorância imposta pela Igreja dominante. Era proibido inclusive ler alguma porção das Escrituras Sagradas e quem às escondidas fizesse tal “sacrilégio” era sem pena lançado às feras, à fogueira ou esquartejado em praça pública para amedrontar os demais. Foi nesse contexto que se levantou Martinho Lutero com seu movimento de Reforma Protestante e na sua esteira outros vieram atrás. Hoje, felizmente, ainda gozamos de relativa liberdade de consciência. Mas a ignorância sempre foi o principal entrave para impedir o progresso científico e cultural dos povos. Imagine que a vida só começou a se desenvolver por volta do ano 1800 depois de Cristo. Maquinas ou objetos como uma simples plantadeira, uma máquina de costura, um prelo para impressão da escrita eram coisas desconhecidas da população do mundo, de maneira que uma bússola, um óculos, uma bateria, uma fotografia eram coisas pra lá de desconhecidas. Assim viveu a humanidade durante séculos, mesmo depois de Cristo, sem pensar nos 4.000 anos antes de Cristo. Pior ainda é saber que ainda hoje existem pessoas ignorantes que às vezes não sabem assinar seu próprio nome e saber também que vivemos num mundo à base de tecnologia científica de satélites, de fibra ótica, de internet, de cirurgia à distância e tantas coisas mais. Deus deve ter realmente compaixão de nós, quando observa nossa ignorância. Difícil é admitirmos que ainda somos ignorantes e aí é que provamos mesmo que somos ignorantes. Há aqueles que odeiam qualquer repreensão, mas a bíblia é clara que quem odeia a repreensão é estúpido (Prov.12:1).  Agora, pense: Ignorantes ou doutos, todos compareceremos diante do tribunal de Deus algum dia e isso é o que importa saber, porque ignorância ou cultura nada conta no tribunal de Deus. Por isso alguns brincam dizendo “só Jesus na causa”.

Os comentários estão encerrados.