CULTO DE ORAÇÃO / QUARTA
09/03/2021
Meditação diária de 11/03/2021 por Flávio Reti – Como se formam as ondas do mar?
11/03/2021

Meditação diária de 10/03/2021 por Flávio Reti – Como você pretende estar vivendo daqui a dez anos?

10 de março

I Coríntios 15:51  “…Nem todos dormiremos, mas transformados seremos todos”

Como você pretende estar vivendo daqui a dez anos?

É uma das perguntas mais difíceis de responder, porque nós não temos controle sobre o passado nem sobre o futuro, só temos o presente. O passado já passou, não existe mais, o futuro ainda não chegou, portanto, também não existe, de sorte que só temos esse instante presente. No momento que você leu essa última palavra, ela já ficou no passado para nunca mais voltar. Passou, faz parte da eternidade. Talvez bem por isso os romanos cunharam a expressão “carpe diem” significando aproveite o dia de hoje, curta seu dia de hoje, porque o amanhã não nos pertence. Nós fazemos planos às vezes até mirabolantes, mas o efetivar desses planos pertencem ao Senhor, não a nós. Jesus contou a parábola do rico insensato (Luc.12:13-21), para frisar aquele que faz planos para o futuro sem base da aprovação de Deus. Ele conta que o campo de um homem produziu muito e ele começou a considerar o que fazer. Concluiu que iria fazer celeiros maiores, estocar para o futuro, em seguida dizer para si mesmo: come, bebe e folga, porque tenho para muitos dias. Mas Jesus interrompe essa corrente de pensamento e diz: Louco, se esta, esta noite mesmo, você morrer, o que tens entesourado para quem será? Em seguida Jesus conclui dizendo: “Assim é aquele que para si ajunta tesouros e não é rico para com Deus. Nós podemos pretender estar vivendo muito bem daqui a dez anos, mas pensa o seguinte: Se eu tenho 10 anos, daqui a mais 10 eu vou estar com 20 anos, talvez jovem recém empregado, ou na faculdade, talvez, nada certo. Se eu já tenho 20, daqui a mais 10 estarei com 30, talvez casado, com filhos nos braços, trabalhando como desesperado para atender às necessidades do lar, talvez, nada certo também. Se eu já tenho 75, que é meu caso real, daqui a mais 10 talvez eu esteja com 85, talvez também, arcado andando com bengala, cheio de artrose, dores nas costas, visão diminuída, quase surdo, essa é a minha previsão, mas quem me garante que eu vá chegar a pelo menos 76 anos, pelo menos? Tudo é suposição, ninguém tem certeza do amanhã nesta vida. A única certeza que temos é que Jesus prometeu voltar e nos transformar para vivermos eternamente nas mansões eternas. Mas daqui a 10 anos mais, não sei, mas nem ossos meus devem existir, talvez. Logo, é tolice fazer planos para esta vida sem ter a certeza de alcançá-los. Esta vida é muito incerta, só a vida eterna é certa, o restante tudo é talvez.

Os comentários estão encerrados.