Meditação diária de 07/12/2017 por Flávio Reti
07/12/2017
Retiro de Carnaval UNASP 2018
08/12/2017

Meditação diária de 08/12/2017 por Flávio Reti

08 de Dezembro
Dia da Imaculada Conceição

Lucas 1:28   “E entrando o anjo onde ela estava, disse: Salve, agraciada, o Senhor é contigo”

Esse dia dedicado à Imaculada Conceição é uma comemoração tipicamente católica. O mundo geral evangélico não observa essa comemoração. Imaculada quer dizer sem mácula, sem mancha, sem pecado e Conceição tem a ver com o verbo conceber, engravidar, logo conceição quer dizer engravidamento, o ato de conceber. Então, parafraseando a expressão Imaculada Conceição, seria isso resumidamente: um engravidamento sem pecado. Maria estava prometida em casamento para José e de repente um anjo lhe aparece a diz “Salve, agraciada, o Senhor é contigo”. Ela deve ter tomado um susto, eu me assustaria se um anjo me aparecesse assim, de repente. E o anjo disse mais: Eis que conceberás e darás à luz um filho ao qual darás o nome de Jesus. Maria, depois do susto, criou coragem e perguntou ao anjo: Como será isso uma vez que não conheço homem algum? Então o anjo explicou: Virá sobre ti o Espírito Santo e o que há de nascer será chamado santo, filho de Deus” (Lucas 1:26-35). É daí, desse relato, que a igreja católica tirou a expressão Imaculada Conceição e comemora no dia 12 de dezembro. Como eu nasci em uma família católica, eu tenho uma irmã com o nome de Davina Imaculada que era gêmea da Divina Conceição, coisa de católico dar nome significativos da sua tradição.

Isaías já havia profetizado o nascimento virginal de Jesus quando disse: “Brotará um rebento do trono de Jessé e das raízes um renovo frutificará” (Isa. 11:1). “Eis que uma virgem conceberá e dará à luz um filho e será o Seu nome Emanuel” (Isa. 7:14 e 15). Isaías viveu 650 anos antes do nascimento de Jesus, ele mesmo não chegou a ver o que profetizou, mas como a profecia nunca falha, Jesus nasceu exatamente como fora predito. Este é o ponto que se destaca nesse relato, a fidelidade da profecia. Pedro, se referindo à confiança que podemos ter nas profecias, assim se expressou: “E temos ainda mais firme a palavra profética à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma candeia que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça e a estrela da alva surja em vossos corações, sabendo primeiramente isto, que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homens, mas os homens da parte de Deus falaram movidos pelo Espírito Santo” (II Ped.119-21). Se há alguma coisa em que podemos confiar, esta é a profecia como está relatada nas Escrituras. Como está nas escrituras, porque há outras profecias particulares de homens petulantes que se parecem verdadeiras, mas não são. “Ora, se um cego guiar outro cego, cairão ambos no buraco” (Mat.15:14). Temos as profecias de Nostra Damus, tão comentadas na imprensa, temos no Brasil mesmo o Inri Cristo (1948 -) um astrólogo brasileiro que afirma desde 1969 ser o segundo Jesus reencarnado. Sun Myung Moon, o reverendo Moon, (1920-2012), ensinava ser o Messias na sua Segunda Vinda, cumprindo a missão. Jim Jones (1931-1978), alegando perseguição religiosa nos EUA, levou seus seguidores para Jonestown, Guiana, onde organizou um suicídio coletivo dia 18 de novembro de 1978. Fundador do Templo dos Povos, passou a se dizer reencarnação de Jesus. Marshall Applewhite (1931-1997), seus seguidores cometeram suicídio coletivo dia 26 de março de 1997, quando passou pela Terra o cometa Hale-Bopp. Eles acreditavam que iriam se encontrar com ele no céu, pois na verdade para eles o cometa seria uma nave espacial que veio buscá-los. Wayne Bent (1941), ele afirma: “Sou a personificação de Deus, sou a divindade e a humanidade combinadas”. Ariffin Mohammed (1943), na Malásia. Ele afirma ser a encarnação de Jesus, de Shiva, de Buda e de Maomé. Matayoshi Mitsuo (1944 -), um político conservador japonês, diz que ele é Deus e Cristo. José Luis de Jesús Miranda (1946 – 2013), de Porto Rico, afirma que Cristo ressuscitado se apossou dele. Shoko Asahara (1955 -) declarou ser “o Cristo” e ” Cordeiro de Deus”, o único mestre do Japão iluminado. Esse é aquele que lançou gás sarim no metrô de Tokio, matando dezenas de pessoas inocentes. David Koresh (1959-1993), um ex-adventista, começou a dizer que era o último profeta e “o Filho de Deus, o Cordeiro” e ao corromper crianças ele foi cercado pela polícia num complexo condomínio e diante do cerco ateou foco no condomínio e todos morreram queimados. Essa é a história de alguns falsos cristos, falsos profetas e de muitas falsas profecias, dos quais temos que nos precaver. Jesus disse “credes em Deus, crede também em mim” (Jo.14:1). A crença em Deus, em Jesus, é como uma âncora que segura firme uma embarcação em pleno oceano, o oceano da vida. Confia em Deus, portanto.

Os comentários estão encerrados.