Comentários da Lição 6 (1o Trim/2020)
07/02/2020
Meditação diária de 09/02/2020 por Flávio Reti – A Betoneira
09/02/2020

Meditação diária de 08/02/2020 por Flávio Reti – Bebidas em pó

08 de fevereiro

Isaías 55:2  “Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão e o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer?”

Bebidas em pó

Você consegue entender que nem todas as nossas bebidas são líquidas? O homem aprendeu a desidratar vários alimentos e fazer deles um pó tornando-os mais fáceis de serem armazenados, transportados e até comercializados. Imaginem transportar um tanque de suco de laranja para outro país que além de propenso a fermentação, apodrecer, cheirar mal e compare com o mesmo tanque de suco desidratado, feito em pó, acondicionado em sacas quão mais fácil não seria o transporte, a acomodação, a conservação e o fracionamento para vender. Às vezes eu brinco com minhas netas dizendo que já existe café em pó, suco em pó, leite em pó, mas por que ainda não existe água em pó? Verdade é que o homem aprendeu a desidratar o café e nós temos o café em pó solúvel, aprendeu a desidratar o suco de frutas e nós temos suco de laranja em pó, suco de morango em pó, suco de abacaxi em pó e de todas as frutas, aprendeu a desidratar o cacau e temos o chocolate em pó, e assim o pó de tudo que quiser. Ninguém duvida que a invenção dos processos para se conseguir bebidas em pó foi um passo gigantesco na nossa história e uma grande sacada de marketing para o transporte, comercialização e a estocagem do produto a fim de controlar o preço de mercado nas entressafras das frutas. Ao mesmo tempo em que inventaram as bebidas em pó, inventaram também os aromatizantes, os acidulantes, os conservantes que, na verdade, são nocivos à saúde do nosso organismo. Você acha que basta diluir o pó e em segundos você tem o suco que desejar, mas se esquece que com ele vem muita substância tóxica para a preservação do produto. Imagine, então, que agora você já pode obter bebidas alcoólicas em pó! Enquanto você só conhece o álcool gel aqui no Brasil, o álcool em pó agora é legalmente permitido nos Estados Unidos, logo, se suco em pó já não é tão saudável, imagine o álcool em pó. O produto americano recebeu o nome de Palcohol e foi inventado por um cidadão de nome Mark Phillips que se incomodava em não poder levar paras as festinhas e comemorações suas garrafas incômodas de bebidas alcoólicas. Agora, com um pacotinho de 30 gramas, que cabe facilmente no bolso, ele tem a bebida na hora que quiser, onde quiser sem o incômodo de carregar garrafas de vidro. Não me causa surpresa a invenção do álcool em pó, mas me causa espanto o departamento de Saúde americano ter aprovado a nova droga que agora passa a ser igual a cocaína que pode ser inalada. O mundo está de cabeça para baixo, só mesmo, como dizem por aí, em tom de brincadeira, “só Jesus na causa”.

Os comentários estão encerrados.