Meditação diária de 05/01/2021 por Flávio Reti – Por que temos lágrimas nos olhos?
05/01/2021
Meditação diária de 07/01/2021 por Flávio Reti – Por que Jesus ainda não voltou?
07/01/2021

Meditação diária de 06/01/2021 por Flávio Reti – Por que a lagartixa não cai da parede?

06 de Janeiro

Isaías 14:12  “Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filho da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações!”

Por que a lagartixa não cai da parede?

É resposta imediata de qualquer aluno do Ensino Médio que alguns animaizinhos como a lagartixa, a perereca por exemplo, possuem ventosas nas patas que ao caminharem vão formando um vácuo e prendendo-as nas paredes, nos tetos. Mas houve quem descartou essa explicação como muito simplória porque a lagartixa consegue andar de igual modo em superfície sem aderência, locais molhados, muito lisos ou no vácuo, por exemplo. Um cientista alemão de nome Uwe Hiller, em 1960, afirmou que essa habilidade de andar nas paredes era resultado de uma força de atração conhecida na física como força intermolecular. E ele parte para explicações dizendo que nas patas da lagartixa há pequenos pelos, uma cerda queratinosa microscópica e que quando a lagartixa se movimenta ela desloca elétrons entre os átomos da pata e os átomos da parede ou do teto gerando essa força de atração intermolecular que a mantém aparentemente grudada e evita que ela caia. Se a explicação fosse realmente por ventosas, ela não conseguiria andar em superfícies lisas, húmidas ou oleosas. Mas nem todo mundo acreditou na explicação de Uwe Hiller, quando ele fez essas afirmações, só em 2.000 uma equipe de cientistas concluiu e provou que era mesmo assim. Verdade é que a lagartixa não cai da parede, tanto que se criou na língua Portuguesa, quando uma conversa é sem fundamento e que não vai levar a nada, que é “conversa pra lagartixa cair da parede”, porque já se sabe que ela não vai cair mesmo. Mas houve uma queda, mencionada nas escrituras, que nos faz pensar até mais do que em lagartixas. Foi a queda de lúcifer (lucem + ferere do Latim, portador de luz), um querubim superior, que quis ser igual a Deus e teve inveja de Cristo. Ele caiu tanto que perdeu as características divinas criadas e se desfigurou tanto que hoje é chamado de satanás, diabo, e outros nomes aterrorizantes. Satanás caiu para nunca mais se levantar, uma queda que será eterna. Bem, nós também podemos cair, não porque não temos na ponta de nossos dedos essa força intermolecular da lagartixa, mas porque trazemos na nossa natureza essa propensão para pecar, para o mal e como tal poderemos ficar fora dos planos de salvação de Deus levados a cabo pela pessoa de Jesus. A bíblia é clara, “quem está em pé cuide para que não caia” (I Cor. 10:12).

Os comentários estão encerrados.