Meditação diária de 03/08/2020 por Flávio Reti – Motor Elétrico
03/08/2020
Meditação diária de 05/08/2020 por Flávio Reti – Mouse
05/08/2020

Meditação diária de 04/08/2020 por Flávio Reti – Motosserra

04 de agosto

Hebreus 11:36, 37  “Outros enfrentaram zombaria e açoites; outros ainda foram apedrejados, serrados ao meio, postos à prova, mortos ao fio da espada” 

Motosserra

Por certo você já ouviu a lenda que conta a invenção do serrote. Eu vi pela primeira vez essa história em versos contada em um cordel. Mas a história diz que um marceneiro muito cristão, cansado do trabalho do dia, deixou as ferramentas em cima da bancada e foi para casa descansar. O diabo que espiava pela janela da oficina, viu quando ele deixou uma faca junto com as demais ferramentas. Assim que o marceneiro saiu, o diabo entrou e para prejudicá-lo fez vários dentes na faca pensando em inutilizá-la. No dia seguinte, quando marceneiro voltou ao trabalho notou que a faca agora serrava ai invés de cortar e apreciou a nova ferramenta cheia de dentes. O diabo enraivecido voltou na noite seguinte e pensando ainda em prejudicar o pobre marceneiro, entortou cada dente da recém criada serra um para cada lado. No dia seguinte o marceneiro novamente notou a transformação da faca-serra e gostou porque os dentes virados um para cada lado abriam o corte e facilitava seu uso. E foi assim que o diabo sem querer inventou o serrote e inventou também o método de travar o serrote. Serra ou serrote é uma ferramenta dentada para cortar madeiras muito utilizada para podar árvores, nos serviços de carpintaria, na preparação de madeiras para telhados de casas. O que se aperfeiçoou no serrote foi motorizá-lo com um pequeno motor a combustão ou elétrico tornando-se assim a motosserra. Sempre que uma tempestade ou um vendaval derruba árvores sobre as vias públicas, lá estão os bombeiros munidos de motosserras cortando os troncos e os galhos para desobstruir a via. Entenda que serrar é sempre tirar pedaços, cortar em pedaços menores e bem por isso o verbo serrar em Português do Brasil é usado para assinalar o ato daquele amigo da onça que nunca compra o que precisa e vive pedindo aos amigos. Ele então serra um lanche, serra uma cerveja, serra um almoço e está sempre se aproveitando dos amigos para conseguir coisas. A isso dizemos serrar as coisas dos amigos. Mas serrar já teve um significado mais feio, quando na idade média muitos cristãos foram serrados ao meio por causa de sua fé. Especialmente nos anos que sucederam à reforma protestante na Europa, a chamada “santa inquisição” perseguiu e matou muitos cristãos queimados vivos em praça pública, guilhotinados e outros serrados ao meio, mesmo em um tempo em que ainda não havia a motosserra e tudo era feito com serra manual. Na história de como o diabo inventou o serrote é apenas história, mas no caso de serrar cristãos ao meio não foi história, foi realmente barbárie perpetrada pela Igreja Católica. Mas tudo está registrado nos livros do céu e Deus saberá lidar com tudo isso.

Os comentários estão encerrados.