Meditação diária de 03/01/2021 por Flávio Reti –Por que as estrelas brilham?
03/01/2021
Meditação diária de 05/01/2021 por Flávio Reti – Por que temos lágrimas nos olhos?
05/01/2021

Meditação diária de 04/01/2021 por Flávio Reti – Por que o arco íris tem aquelas cores?

04 de janeiro

Gênesis 9:13 “porei nas nuvens o meu arco e será por sinal da aliança entre mim e a terra”

Por que o arco íris tem aquelas cores?

Assim que as águas do dilúvio retrocederam, Noé saiu da arca, construiu um altar, adorou e em seguida Deus lhe falou as palavras do verso acima que colocaria no céu um arco para servir de sinal como prova de um pacto entre Ele e a terra de que nunca mais a terra seria destruída por um dilúvio. No início, logo após a criação, não havia chuvas sobre a terra, mas um vapor que subia e regava toda a superfície do solo (Gên.2:6) de sorte que o povo não sabia o que era chuva. Eu me lembro de certa vez ouvir um missionário peruano em uma apresentação, quando ele estava no Brasil passando férias, e a certa altura da sua palestra ele nos contou a respeito de seu filho de oito anos que quando viu a chuva aqui no Brasil, ficou desesperado e dizia ao pai que eles iriam morrer, que aquilo era outro dilúvio e outro fim do mundo. E daí o missionário explicou que a capital do Peru, Lima, está situada em uma região desértica, embora seja à beira mar, mas lá nunca chove, há apenas, quando há, uma garoa fina, uma espécie de neblina e muitas casas sequer têm telhado. Eu mesmo há pouco tempo pude constatar porque vi lá, a caminho da nossa universidade UPeU (Universidade Peruana Union) muitas casas ao longo de uma avenida que só tinham a laje e em cima da laje eles faziam o depósito de quinquilharia tais como bicicleta velha, colchão velho, madeiras e outros materiais. Mas voltando ao arco-íris, a ciência explica que as cores que vemos são as cores do espectro solar que aparecem quando o sol incide nas gotículas de água suspensas no céu. Mas, como o diabo tudo danifica, para contradizer nosso Deus, eis que surgiu no mundo o movimento LGBT que criou como símbolo algo parecido com o arco-íris, uma bandeira com as mesmas cores, apresentada ao público em 1978 na primeira parada do orgulho Gay realizada em São Francisco, na Califórnia. Então percebemos que a contrafação é uma das armas preferidas do diabo. Deus criou o sábado, o diabo apresentou o domingo, Deus criou a família, o diabo apresenta o amor livre deturpando a identidade do gênero, homem e mulher. Deus criou os astros, o diabo a astrologia. Deus criou o arco-íris e o diabo a bandeira LGBT, logo, muito cuidado, porque ele é sutil e artimanhoso.

Os comentários estão encerrados.