Meditação diária de 03/01/2021 por Flávio Reti – Por que as estrelas brilham?
03/01/2020
Culto de Adoração (Sábado 04/01/2020)
03/01/2020

Meditação diária de 03/01/2020 por Flávio Reti – O açúcar

03 de janeiro

Provérbios 16:24  “Palavras suaves são como favos de mel, doçura para a alma e saúde para o corpo”

O açúcar

Quando pronunciamos a palavra açúcar, nem pensamos que açúcar é uma palavra genérica para se referir a vários carboidratos cristalizados, entre eles a sacarose, a lactose e a frutose. Por muito tempo na história da vida, o único adoçante conhecido era o mel, porque as abelhas sempre existiram desde a criação da vida neste mundo. A palavra açúcar em si teve sua origem na língua sânscrita que passou para a Índia, para a China e de lá para o árabe como as-sukkar. A origem da cana de açúcar foi na Índia e uma das primeiras citações da tal cana de açúcar data do século V antes de Cristo em manuscritos chineses. Os indianos descobriram como fazer grandes blocos de açúcar, o que seria um cristal gigante, para assim facilitar o transporte. Sabe-se que a produção e o comércio do açúcar influenciou grandemente os movimentos de gente através do mundo como podemos comprovar com o colonialismo e a escravidão no Brasil, as migrações de povos internos e externos e também as guerras comerciais. Podemos dizer que o açúcar foi o responsável maior pela escravidão no mundo durante as grandes navegações pelos povos europeus. A própria invasão de franceses e holandeses aqui no Brasil tinha como causa de fundo o açúcar feito de cana, muito mais barato e mais abundante do que o açúcar de beterraba produzido na Europa. No século XVII o açúcar se tornou artigo de luxo na Europa e forçou a plantação da cana e a fabricação do açúcar e em consequência trouxe a necessidade da mão de obra que foi trazida da África na forma de escravos. Hoje ainda, essa mistura de brancos, negros e morenos que circulam pelas ruas das cidades brasileiras se deve ao açúcar, a plantação da cana, a mão de obra escrava, o comércio com a Europa. A história do açúcar tem muitos detalhes. Aparentemente, a descoberta do açúcar foi uma grande invenção que trouxe benefícios à humanidade, mas não podemos esquecer que com ele vieram também inúmeras doenças que antes dele nunca se ouviu falar. Entre as doenças modernas conhecidas estão as doenças coronárias, diabetes, problemas neurológicos, doenças renais, dificuldades de aprendizagem nas crianças, problemas metabólicos e já se discute seu malefício associado às doenças hepáticas. O que muito pouca gente sabe é que o açúcar possui uma propriedade de se tornar luminescente quando atritado e ele brilha no escuro. Quando os Cruzados voltavam de suas campanhas no oriente para suas casas na Europa, eles traziam grande quantidade de açúcar, mercadoria rara na época, e o chamavam de sal doce. Não lhe parece estranho dizer que um dia o açúcar foi considerado sal, apenas que era doce.

A bíblia diz “ai dos que chamam o mal de bem e o bem de mal” (Is.5:20), como já foi feito com o açúcar chamado de sal. Pessoas conscientes discernem bem as coisas de Deus.

Os comentários estão encerrados.