Meditação diária de 01/05/2017 por Flávio Reti
01/05/2017
Meditação Diária de 03/05/2017 por Flávio Reti
03/05/2017

Meditação Diária de 02/05/2017 por Flávio Reti

Dia do Bombeiro

“Adiante dele vai um fogo que abrasa os seus inimigos em redor” Salmo 97:3

 Qual menina não falou um dia que queria ser bailarina? E qual menino nunca falou que queria ser bombeiro? Meu filho não foi diferente, não fugiu à regra. Com 8 anos ele participou de um concurso oferecido pelo CARREFOUR que consistia de escrever a melhor cartinha para o papai Noel e conseguiu o primeiro lugar. O prêmio era um valor a ser retirado em mercadorias na loja do Carrefour. No dia de receber o prêmio, com um vale na mão, adivinhe o que ele foi procurar na loja? Adivinhou! Um carrinho de bombeiro!

Aquele prêmio foi sua felicidade por um bom tempo e, depois de 40 anos, pergunte hoje para ele qual foi o melhor presente do Papai Noel e ele vai dizer sem pestanejar: Um carrinho de bombeiro que eu ganhei no concurso.

Grandes incêndios têm ocorrido no mundo deixando um rastro de destruição e tristeza. No Brasil, o último incêndio catastrófico foi o da Boate Kiss, no Rio Grande do Sul, na cidade de Santa Maria, e que deixou 231 mortos, asfixiados e queimados dentro da boate. Em 1961, no Gran- Circus Americano, no rio de janeiro, o funcionário Adilson Alves, juntamente com dois comparsas, querendo se vingar do chefe por ter sido demitido, pôs fogo no circo onde trabalhava. A lona do circo, tratada com parafina para impermeabilização, logo pegou fogo com rapidez e caiu em chamas em cima das quase 3.000 pessoas que assistiam ao espetáculo. 103 pessoas morreram queimadas e outras pisoteadas na confusão, a maioria crianças. O trabalho dos bombeiros é essencialmente necessário e bem vindo. Nos grandes incêndios da história, lá estão eles incansavelmente trabalhando para ajudar e salvar.

Há uma certa magia com o fogo. Ainda hoje, quando se acende uma vela, elas nos remete aos remotos tempos do culto às divindades do fogo, às fogueiras da idade média com suas tochas ardentes ou labaredas por baixo do patamar onde eram queimados os mártires. Faz lembrar o terrível costume dos povos antigos de sacrificar seus filhos no fogo aos deuses (Moloque, Baal). Sobre um dos reis de Israel, Manassés, o relato bíblico conta que além de edificar altares pagãos na casa do Senhor, “ainda queimou seus filhos como sacrifício no vale dos filhos de Hinon” (II Cron.33:6). Por isso o nome Manassés se transformou num provérbio entre as pessoas do reino de Israel. Sempre que uma autoridade fazia algum mal, se dizia “como Manassés” que fez pecar Israel (II Re.21:20).

O que me faz pensar, no momento, é que um dia nossa terra será destruída com fogo, segundo está profetizado e nenhum bombeiro do mundo será capaz de debelar esse fogo (II Ped.3: 10, 12). Como o mundo de Noé que foi destruído pelas águas do dilúvio, a terra aguarda sua total destruição pelo fogo. É necessário que ela seja purificada com o fogo da destruição para dar guarida aos salvos que habitarão nela para sempre depois de purificada. Enquanto aqui estamos, vamos aguardar a vinda de Jesus e as transformações que nosso mundo deve sofrer. Vem dias difíceis pela frente. O nosso mundo se encaminha para uma grande destruição.

“Anjos caídos formam, na Terra, confederações com homens maus. Nessa época aparecerá o anticristo, como o Cristo verdadeiro, e então a lei de Deus será anulada completamente entre as nações do mundo. Sazonará a rebelião contra a santa lei de Deus. Mas o verdadeiro líder de toda essa rebelião é Satanás disfarçado em anjo de luz. Os homens serão iludidos e o exaltarão ao lugar de Deus, deificando-o. Mas a Onipotência intervirá, e às igrejas apostatadas que se unirem na exaltação de Satanás, se expedirá a sentença: “Portanto, num dia virão as suas pragas: a morte, e o pranto, e a fome; e será queimada no fogo, porque é forte o Senhor Deus, que a julga.” (Apoc. 18:8. Testemunhos Para Ministros, págs. 58). O mesmo fogo que destruirá a terra deve, no momento, purificar o ouro e daí o conselho do profeta João no apocalipse: “Diz a Testemunha Verdadeira: “Aconselho-te que de Mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças, e vestes brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos para que vejas” (A Igreja Remanescente, p.59).

Os comentários estão encerrados.