Meditação diária de 30/09/2020 por Flávio Reti – Secretária Eletrônica
30/09/2020
Meditação diária de 02/10/2020 por Flávio Reti – Semáforo
02/10/2020

Meditação diária de 01/10/2020 por Flávio Reti – Selo Postal

01 de outubro

Lucas 12:7  “Não temais, pois mais valeis vós do que muitos passarinhos”

Selo Postal

Pra quem só conhece o What’s app para mandar e receber mensagens não sabe o que significou o uso de selos postais. Era uma estampilha, semelhante a uma figurinha colante, colocada no canto superior direito do envelope e sobre o qual o agente do correio pressionava um carimbo como prova de que o porte da correspondência foi pago. Sua finalidade era exatamente isso, comprovar o pagamento pelo serviço prestado de levar a correspondência até o destinatário. E não era um serviço aleatório, havia legislação sobre isso dentro das leis brasileiras. Assim que Dom João VI criou o serviço de correios no Brasil, qualquer um podia ir a uma agência, postar um envelope ou uma encomenda e o destinatário final pagava pelos serviços, mas era muito grande o número das devoluções por falta de reconhecimento e por não aceitação da encomenda. A maneira mais inteligente que se encontrou foi criar um selo postal comprado e pago pelo remetente e daí o serviço já começa na agência inicial pago. O primeiro selo pensado surgiu na Inglaterra em maio de 1840, o chamado Penny Black, proposto por um senador de nome Rowland Hill, para que o remetente pagasse a tarifa. E por incrível que pareça, o Brasil foi o segundo país do mundo a emitir um selo em 1843, o famoso Olho de Boi, o mais cobiçado pelos filatelistas colecionadores. Como os selos passaram a servir de propaganda do país e trazer imagens diversas como animais, flores, pessoas, lugares eles passaram a ser considerados um meio de se conhecer o país através de selos comemorativos, selos promocionais de eventos. Surgiram, então, colecionadores e a arte de colecionar se transformou num Hobby que une milhões de pessoas no mundo inteiro. Os filatelistas organizam os selos por categorias, por datas, por países de maneira que filatelia não é amontoar selos de qualquer jeito no fundo de uma gaveta. A arte de colecionar selos se transformou numa paixão divertida e cultural. Acredite ou não, mas há selos avaliados em milhões de dólares nas mãos dos colecionadores, porque são únicos, porque foram impressos com erros e coisas assim. Para ter valor e valorizar ainda mais com o tempo, importa que seja único para se tornar um patrimônio ativo mais caro que existe. Mas olha aí a inversão de valores, cota-se um selo em milhões e não se dá valor aos seres humanos que muitas vezes sãos vistos jogados nas calçadas, sujos, mendigando e maltrapilhos. Esse é o nosso conceito de valores, totalmente invertido. Ainda bem que Deus não nos considera assim, ele valoriza cada uma das suas criaturas e quer salvar a cada uma para morar com ele no céu por toda a eternidade. Entenda, você é único diante de Deus e tem um valor inestimável que você mesmo ignora.

Os comentários estão encerrados.