Meditação diária de 31/07/2019 por Flávio Reti – Geraldine Leigh Chaplin
31/07/2019
Meditação diária de 02/08/2019 por Flávio Reti – Lasar Segall
02/08/2019

Meditação diária de 01/08/2019 por Flávio Reti – John Friend Mahoney

01 de agosto

Lucas 21:34  “Olhai por vós mesmos, não aconteça que…aquele dia vos sobrevenha de improviso, como um laço”

John Friend Mahoney

Esse camarada era um médico cirurgião assistente nas forças armadas dos Estados Unidos na Europa lá pelos idos de 1917. Quando voltou ao seu país, ele serviu no serviço de saúde pública em vários postos de saúde e em hospitais da marinha. Quando esteve na Europa, ele aproveitou sua passagem pela Inglaterra, Irlanda e Alemanha para estudar o tratamento da sífilis (DST), uma doença sexualmente transmissível. Nos Estados Unidos ele teve a oportunidade de ser o diretor do Laboratório de Pesquisa sobre Doenças Venéreas ligado ao Departamento de Food and Drug Administration. O objetivo do Laboratório era melhorar os testes sorológicos no tratamento da sífilis e demonstrar os resultados com o tratamento com sulfonamidas, especialmente no tratamento da Gonorreia. Foi quando ele tomou conhecimento do uso da penicilina e começou tratar seus pacientes com a penicilina porque eles eram resistentes à sulfonamida e aproveitou para testar também contra a sífilis, primeiramente in vitro com sucesso e depois em coelhos e depois ainda no tratamento clínico em pacientes humanos. Daí virou uma loucura quando o American Public Health Association tomou conhecimento da eficácia do medicamento e começou experimentando em 1400 pacientes e também obteve sucesso, logo, o tratamento com penicilina virou norma contra a sífilis no Exército dos Estados Unidos. Com essa história toda Mahoney foi o primeiro a descobrir a eficácia da penicilina no tratamento da Gonorreia e da sífilis, o mesmo tratamento que até hoje é usado no mundo inteiro. Mahoney se tonou o chefe do World Health Organization, aposentou-se do serviço público, mas nunca mais deixou o laboratório localizado e Nova Iorque. Nosso mundo está repleto de histórias semelhantes a esta onde uma pequena experiência deu um resultado fabuloso. O plástico, por exemplo, tentando encontrar um substituto para a goma-laca, Leo Hendrick Baekeland misturou formaldeído, fenol e outros componentes, e acabou descobrindo o primeiro polímero não condutor e resistente ao calor, ao qual deu o nome de baquelite. A sacarina, Fahlberg foi jantar, pegou um pãozinho com a mão e descobriu que a casca estava extremamente doce. Ele havia literalmente derramado um composto experimental sobre as mãos durante o dia. O Raio X, Wilhelm Conrad Röntgen estava trabalhando com um tubo de raios catódicos em seu laboratório. Ele cobriu o tubo com papel grosso e notou que uma tela próxima emitia uma estranha luz verde. O Fósforo caseiro, John Walker estava misturando alguns químicos que incluíam sulfeto de antimônio, cloreto de potássio, goma e amido, quando notou que se formara um bolinho seco na ponta do bastão que ele estava usando para misturar os produtos. Sem pensar muito, ele esfregou o bastão para tentar retirar aquela bola seca, e a coisa toda pegou fogo.

E assim é, de repente muita coisa pode acontecer. Nós, cristãos, estamos aguardando muitas coisas para um futuro próximo e não sabemos direito como será, mas a qualquer momento muita coisa pode acontecer neste mundo. Uma delas é a aparição de Jesus nas nuvens do céu para nos buscar, embora não saibamos com detalhes como será. São coisas que acontecem de surpresa sem ser pensadas. Oxalá, elas venham para nosso bem, para nosso sucesso também!

Os comentários estão encerrados.