*95 Teses Sobre Justificação Pela Fé*
22/05/2021
Culto de Oração
25/05/2021

Meditação diária 23/05 – Quem sabe o que vai acontecer amanhã?

Nós não somos os primeiros a filosofar em cima do tempo, mas sabemos que o tempo é implacável, ele passa celeremente por todos. Aliás é bom perguntar: Nós que passamos pelo tempo ou o tempo que passa por nós? Pensando bem, tempo não existe. Se não, raciocine: O ontem não existe mais, já passou. O amanhã não existe porque ainda não chegou. A única porção de tempo que eu realmente posso dizer que tenho é o agora, mas no momento que eu abro a boca pra falar, ou pisco um olho, ou pego a caneta pra escrever, já ficou no passado, não dá tempo de fazer nada e já passou o tempo. Como sou inconsequente! Eu não consigo manipular o agora e já quero bisbilhotar o amanhã que não existe! Entre os que gostam de filosofar e os que gostam de bisbilhotar há três tipos de personalidade humanas: O pessimista, o otimista e o realista. Posso adiantar que no reino de Deus não haverá lugar para os pessimistas, mas com certeza os que entrarão lá serão todos realistas e otimistas. Nós não temos condição de saber o que vai acontecer no próximo minuto, não temos controle do tempo, não podemos fazê-lo parar ou continuar, hoje estamos vivendo uma situação e amanhã poderemos estar em outra, a situação pode mudar de mal para bem ou de bem para mal, ninguém sabe. Mas nada disso nos impede de sonhar e almejar o melhor para nossa vida, só não podemos criar ilusões, viver de ilusões que podem nos levar a perder de vista o foco e errarmos o alvo. Precisamos sonhar os sonhos de Deus para um dia aportarmos na eternidade. O pessimista não sonha, ele fica adormecido imaginando sempre o pior, nunca tenta mudar, acha que é melhor nunca tentar do que tentar e dar errado e assim ele acaba morrendo, perdendo as oportunidades da vida, sem jamais ter tentado. Para o realista, a vida também não é fácil, tem dissabores, lutas, perdas, mas existe o ânimo que o mantém forçando para frente certo de aonde quer chegar. Realmente, não sabemos o que vai acontecer amanhã, mas temos muitas informações que nos permitem vislumbrar um amanhã glorioso, uma esperança, e com isso em mente vamos vivendo o hoje na fé, sob a graça, cobertos de esperança e guiados pelo brilhante alvo que está proposto diante de nós: O céu é o limite. Por isso que eu continuo pensando sobre a eternidade, porque lá não haverá noção de tempo, a vida será eterna, não terá fim. Eu nunca vivi essa realidade, mas quero ver e viver lá.
Flávio Reti

Os comentários estão encerrados.