Meditação diária 03/07
03/07/2021
Meditação diária 05/07
05/07/2021

Meditação diária 04/07

Para que as formigas cortam as folhas? 

Atos 3:17 “Agora, irmãos, eu sei que o fizestes por ignorância, como também as vossas autoridades” 

Se alguém pensa que as formigas cortam e carregam as folhas da sua planta preferida para comer, descubra agora mesmo algo novo. As formigas cortadeiras não comem folhas, elas usam as folhas para cultivar no subsolo um tipo de fungo que é o seu alimento principal. É como tirar o leite da vaquinha. Elas são hábeis em cultivar os fungos para alimentar a colônia e os embriões das novas formigas. Quando a gente vê uma fileira de formigas carregando folhas, ou pedaços de folhas, ficamos surpresos ao ver uma formiga carregando muitas vezes mais do que o seu próprio peso. Guardando as devidas proporções, seria como um homem carregando 270 a 300 quilos sozinho a longas distâncias. Lá dentro dos túneis subterrâneos do formigueiro, elas repicam as folhas e espalham na cama dos fungos que se multiplicam grandemente servindo de alimento para a colônia. Uma colônia de formigas pode destruir uma árvore de porte médio em uma noite e carregar tudo para dentro da sua casa e no dia seguinte onde havia uma árvore não haverá mais nada. Nosso professor Moisés Prates costumava dizer em tom de brincadeira que elas não são más, por cortarem nossas hortas, nossos jardins. Elas estão trabalhando, afinal aquele é o trabalho delas que elas fazem muito bem. Elas não sabem, ninguém ensinou para elas, que aquela planta era sua preferida. Elas fazem coisas erradas, segundo a sua ótica, mas para elas estão fazendo a coisa certa, abastecendo seu lar, cuidando da sua prole, precavendo-se do inverno vindouro. Mal sabem elas que estão causando prejuízo e passando a ser insetos detestáveis diante das pessoas. Não lhe ocorre que é mais ou menos a mesma coisa conosco? Muitos de nós que estamos por aí trabalhando de sol a sol no intuito de prover o alimento para nossa família, mas estamos em um ramo de atividade totalmente errado, digamos, os cortadores de palmito em reservas proibidas, os pescadores em época de piracema, que às vezes nem sabem que é ilegal e o fazem na sua sinceridade sem que sua consciência os acuse. Mas diante das autoridades eles estão fazendo a coisa errada e, como as formigas, vão sofrer as consequências, pagar o preço da sua ignorância. Deus deve estar muito desapontado conosco diante de tantas barbaridades que fazemos, mas, como disse Paulo, “Deus não leva em conta os tempos de ignorância, mas pede que todos se arrependam” (Atos 17:30)

Os comentários estão encerrados.