Comentários da Lição 11 (2º Trim/2016) por Guilherme Carrijo, Jeser Castro e Ricardo Dantas
08/06/2016
Comentários da Lição 12 (2º Trim/2016) por Guilherme Carrijo, Jeser Castro e Ricardo Dantas
17/06/2016

Meditação de Pôr do Sol de 10/06/2016 por Giovanna Menegoro Pelosi

FIDELIDADE A TODA PROVA
 

“Buscai, assim, em primeiro lugar, o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas.”
Mateus 6:33
 

 
Comecei a namorar meu marido, Paulo, no ano de 2011. Ele estava no 2° ano de engenharia de produção e estudava em uma faculdade não confessional. Como ele ganhou uma bolsa de estudos, não teve outra alternativa a não ser estudar lá. Estudava à noite, por isso, tinha aulas de segunda à sexta-feira. Em virtude da observância do sábado, ele ia às aulas até a quinta-feira.
 
Nesse período ele fez um acordo com os professores para realizar provas e trabalhos a fim de substituir as faltas da sexta-feira à noite. Dessa maneira, ele conseguiria terminar cada semestre. Eu sabia que Deus estava amparando meu namorado e que não seria fácil ele se livrar das dependências, mesmo que isso significasse maior esforço e maior renúncia. Em minhas orações sempre pedia a Deus que lhe desse forças para continuar no caminho. Constantemente eu dizia para meu namorado não se esquecer do quarto mandamento: “lembra-te do dia de sábado”.
 
O tempo passou e nos casamos em 15 de junho de 2014. Nesse tempo ele estava se aproximando do término da faculdade. Ao começar o segundo semestre daquele ano, ele percebeu na grade curricular uma disciplina essencial que cairia na sexta-feira. Sem essa matéria prática e presencial, não poderia concluir o ano e teria que pagar, por dependência, o valor de R$ 600,00, aproximadamente. Oramos a Deus e pedimos que o melhor fosse feito, porém o professor dessa matéria não autorizou trabalhos e provas fora do dia de aula.
 
Com oração incessante, Paulo decidiu continuar os estudos de engenharia. Surgiu então outra matéria que também era fundamental para o término do curso, e também não houve acordo com o professor. No fim do ano, havia duas dependências e o valor a ser pago era de R$ 1200,00. Nós não tínhamos esse dinheiro para que ele completasse o curso. Mesmo sem condições financeiras, meu marido foi conversar com a coordenação da faculdade sobre essa situação. Chegando lá, a secretária verificou o sistema e agendou para aquele fim de ano a primeira dependência, e para o início de 2015, a segunda. Meu marido perguntou quanto ficaria essas matérias e ela, olhando no sistema, disse:
 
– Você não precisará pagar nada. Poderá tirar suas dependências nas datas agendadas.
 
O Senhor tinha um milagre preparado para nós e, a partir desse fato, reafirmamos que a fidelidade a Deus importa mais do que tudo. Meu marido terminou a faculdade sem ter de pagar nada e ainda conseguiu se formar com sua turma de engenharia. Quando somos fiéis e entregamos a Deus nossas dificuldades, não ficamos desamparados. Somos eternamente gratos ao Senhor Jesus.

 
Giovanna Menegoro Pelosi
Participa desde criança dos corais infantis da Igreja do IASP, grupos musicais como o Tom Jovem, Prisma Teen, orquestra e banda. Atualmente canta no Coral Jovem do IASP e é professora de educação infantil.

Os comentários estão encerrados.