Comentários da Lição 9 (3ºTri/2015) por Wagner Teoro
28/08/2015
Meditação de Pôr do Sol de 11/09/2015 por Carla Cristina Tosetto
10/09/2015

Meditação de Pôr do Sol de 04/09/2015 por Leandro Weber de Oliveira

CUIDADO BOQUINHA COM O QUE FALA

“Se desviares o pé de profanar o sábado e de cuidar dos teus próprios interesses no meu santo dia; se
chamares ao sábado deleitoso e santo dia do SENHOR, digno de honra, e o honrares não seguindo os
teus caminhos, não pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falando palavras vãs, então, te
deleitarás no SENHOR. Eu te farei cavalgar sobre os altos da terra e te sustentarei com a herança de
Jacó, teu pai, porque a boca do SENHOR o disse.” Isaias 58:13-14

Vivemos em uma realidade onde dificilmente temos tempo de nos encontrarmos com amigos e
familiares durante a semana, pois são inúmeras as atividades, seja trabalho, viagem, escola, entre outros
compromissos. A semana passa voando e o sábado é um dia onde podemos parar e dedicar tempo adorando
a Deus em conjunto com nossos amigos e familiares. Reunimo-nos então em deliciosos almoços e passamos
a tarde conversando e descansando.

Mas afinal, qual a maneira correta de guardar o sábado? Será que aquilo que faço no sábado está
de acordo com o que Deus espera de mim? Esse é um pensamento que frequentemente vem a minha
mente e acredito que não sou o único. A rotina que mencionei pode ser a de qualquer um de nós e quantas
vezes não me peguei inserido em conversas nas horas sagradas que passaram por trabalho, futebol, lazer,
estudo entre outros. Será que estamos deixando de experimentar o prazer do Senhor de acordo com a
promessa do texto bíblico por que estamos fazendo exatamente o oposto do que Deus orientou que fizéssemos?

O texto bíblico nos diz que profanamos o sábado quando deixamos de guardá-lo da maneira como
Deus nos pede. Profanar de acordo com o dicionário significa tratar algo santo com desrespeito ou irreverência,
tornar imundo ou contaminado, violar aquilo que é sagrado. Quando tratamos de nossos próprios
interesses ou falamos palavras vãs, estamos violando aquilo que Deus disse que é santo.

“A cada um que submete sua vontade a vontade do infinito, para ser conduzido e ensinado por
Deus, é prometido um constante desenvolvimento das coisas espirituais. Deus não estabelece limite algum
para o avanço daqueles que são “cheios do conhecimento da Sua vontade, em toda a sabedoria e inteligência
espiritual”. Col 1:9.” {Review and Herald, 4 de outubro de 1906}.

Nós não fomos deixados sem orientação. Ellen White nos diz que se submetermos nossas vontades
a vontade de Deus para sermos ensinados por Ele, experimentaremos um constante desenvolvimento
das coisas espirituais. Direcione sua atenção para assuntos espirituais nas horas sagradas. Decida hoje
mesmo se submeter a Deus e experimente a promessa bíblica de se deleitar no Senhor destinada para
aqueles que honram e guardam o santo sábado.

Leandro Weber de Oliveira
Está na igreja do IASP desde 2002. Juntamente com seus pais se mudaram de Petrópolis (RJ) para Campinas. Em 2003, se mudaram para Hortolândia para ficarem mais perto do IASP e desde então já se passaram 12 anos participando da comunidade jovem e sendo líder dos jovens no último ano. Atualmente cursa teologia no Unasp-C2.

Os comentários estão encerrados.