Comentários da Lição 5 (2ºTri/2015)
30/04/2015
Comentários da Lição 6 (2ºTri/2015)
06/05/2015

Meditação de Pôr do Sol de 01/05/2015 por Carlos Vitorino

PRESENTES DE UM DEUS SEMPRE PRESENTE

“Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com oseu poder que atua em nós.” Efésios 3:20

O Sábado geralmente impacta a vida dos cristãos na carreira corporativa e na acadêmica, mesmo tendo cursado duas graduações e um MBA, minha carreira corporativa foi a única impactada. Muito cedo, após ter colportado por 11 férias, entendi que meu futuro estaria na área comercial. Meu primeiro emprego foi em uma indústria têxtil de confecção e moda muito famosa, e foi nesse seguimento que acabei me especializando, o Senhor abençoou minha fidelidade ao sábado e alcancei destaque em vendas, mas infeliz- mente depois de quatro anos empregado nosso país passou por um momento financeiro não muito bom e isso refletiu na economia da empresa, que foi obrigada a encolher, e com isso, acabei desempregado.

Nessa época eu estava de casamento marcado e acabei me casando sem emprego, depois de um tempo fui chamado para uma entrevista em uma importante empresa de moda e a vaga era para promotor de vendas de duas marcas super conhecidas, fui bem à entrevista e assim que o entrevistador me deu oportunidade, falei do sábado e ele respondeu que não haveria problema, qual não foi a minha surpresa quando duas semanas depois recebi um telegrama agradecendo minha participação no processo e que eu não havia sido selecionado. Indignado, liguei para o entrevistador e ele me informou que mesmo sendo o melhor candidato eu havia dificultado muito a questão do sábado. Fiquei muito desapontado, mas como Deus sempre sabe o melhor para seus filhos eu tive fé e segui em frente.

O tempo passou e o Senhor honrou minha fidelidade, fui admitido em outra empresa muito maior que a anterior e em um cargo bem mais elevado, Vendedor Sênior. Três meses depois fiquei sabendo que aquela empresa que não me contratou, demitiu todos os promotores e havia extinguido o cargo, ou seja, mesmo se eu tivesse sido um excelente profissional, teria acabado desempregado. Foi incrível ver como Deus sempre assina suas ações em nossas vidas.

Depois de onze anos nesta empresa, mudei para o concorrente devido a uma oferta melhor, logo que entrei comuniquei que o sábado seria separado e que eu não iria desempenhar nenhuma atividade neste dia, a empresa aceitou sem problemas. Ocorreu que após oito anos de trabalho fui convidado para compor um seleto grupo de 20 executivos que iriam fazer o planejamento estratégico da empresa para os próximos 10 anos. Fazer parte desse grupo em uma empresa com 12 mil funcionários era realmente um privilégio, mas qual não foi a minha surpresa quando no meio dos trabalhos, o presidente da empresa marca uma reunião no dia do sábado. Marquei um horário individual com ele para explicar que, por ser guardador do sábado, não iria participar da reunião de planejamento estratégico.

Nesse meio tempo, outro episódio estava incomodando muito minha família, o fato de que essa empresa era em Santa Catarina e nós morávamos no interior de São Paulo. Essa distância dificultava minha atuação como pai e marido. Então nós decidimos orar pedindo a Deus um trabalho em uma empresa perto de casa, maior do que a empresa que eu estava, ganhando mais e com o Sábado livre. Sei que parece um pouco arrogante, mas sabíamos que Deus iria atender nossas orações, pois estávamos sendo fieis e a promessa é clara, os fiéis serão honrados. Um mês depois de ficar 40 minutos explicando toda a doutrina do sábado para o meu superior fui demitido, porém, já com um emprego garantido em outra empresa que cumpria com todos os quesitos que pedimos a Deus.

Hoje tenho minha própria empresa de Consultoria e frequentemente sou contratado por grandes empresas do seguimento de confecções e calçados de moda. Eu e minha família somos muito gratos a Deus, pois Ele é fiel e Justo para conosco.

Carlos Vitorino
Frequenta a igreja do IASP desde 1980 quando chegou de São Paulo para estudar no colégio. Casou e apresentou seus dois filhos na igreja. Atuante líder foi diácono, diretor de comunica- ção, diretor da ASA e é professor da Escola Sabatina e ancião. Está sempre à disposição para qualquer chamado, pois entende que se existe o chamado é a voz de Deus falando.

Os comentários estão encerrados.