Comentários da Lição 1 (4o Trim/2019) por Classe dos Pais
04/10/2019
Meditação diária de 05/10/2019 por Flávio Reti – Augusto José Ramón Pinochet Ugarte
05/10/2019

Meditação de Pôr do Sol 04/10/2019 por Maria Julia Stamado Marques

2019-10-04

Transformando o coração

 

“Raça de víboras, como podem vocês, que são maus, dizer coisas boas? Pois a boca fala do que está cheio o coração.
O homem bom, do seu bom tesouro, tira coisas boas, e o homem mau, do seu mau tesouro, tira coisas más.” Mateus 12:34,35

 

Acredito que nesse versículo existe uma verdade bem importante: o coração é o centro da vida espiritual. Se o fruto da arvore é ruim, não se tenta consertar o fruto, mas sim modificar a raiz. Ou seja, uma pessoa que busca por mudanças em sua vida precisa primeiro transformar o seu coração, pois só assim refletirá em comportamentos e hábitos. Claro que fazer isso não é fácil, pois nosso corpo pecaminoso tende sempre para os pensamentos e atitudes impuros, mas com a ajuda de Deus, tudo é possível.

O primeiro passo é reconhecer as próprias limitações. Muitas vezes tentamos jogar a culpa nos outros (“eles me fizeram…”) ou nas próprias circunstâncias (“aconteceu…”) em vez de assumirmos as nossas próprias responsabilidades. Jesus nos diz que “Bem-aventurados são os pobres de espirito”, pois a graça não é recebida por aqueles que conquistam, mas por aqueles que admitem que não a merecem.

O segundo passo é a tristeza, pois “Bem-aventurados os que choram”. A alegria para aqueles que sinceramente se arrependem de seus pecados, que são sinceros em suas intenções.

E por fim, o terceiro passo é a mansidão. Os mansos são aqueles que se dispõem a ser usados por Deus. Apesar de suas falhas e defeitos, Ele usa aqueles que estão dispostos a fazer sua obra.

Portanto, nesse início de sábado espero de coração que possamos refletir sobre nossa vida com o Criador. Lembre-se que Ele sempre está disposto a falar conosco, e a única coisa que precisamos fazer é ouvir!

Em resposta disso, Jesus nos dá a alegria que não depende do nosso humor ou de nossas ações. É uma alegria genuína que ninguém pode tirar de você.

Feliz Sábado!

Maria Julia Stamado Marques

Cheguei no Unasp-HT para estudar o ensino fundamental II e fiquei em Hortolândia até então. Hoje tenho 20 anos e sempre frequentei a Igreja ao longo dos anos.)

 

Os comentários estão encerrados.