Contraponto: “Uma vida atrás das grades” – 25/08/18
30/07/2018
Meditação diária de 01/08/2018 por Flávio Reti
01/08/2018

Meditação diária de 31/07/2018 por Flávio Reti

31 de julho

O protozoário (Protozoa)

Salmos 40:3   “…muitos verão isto e temerão e confiarão no Senhor”

A maioria dos cientistas não acredita no relato da criação por um Deus soberano e regente do universo. A palavra protozoário já é uma afirmação dessa teoria, porque proto, no Latim, significa primeiro e zoos que todos conhecem como animal, de onde temos a palavra protozoário, ou o primeiro animal. Os protozoários são seres de uma única célula que sozinha executa todas as funções que são normais nos seres pluricelulares complexos. Pode-se encontrar um protozoário sozinho, em colônias, na água doce ou salgada, ou até dentro de outros animais e eles podem agir como parasitas e podem ocasionar doenças nas pessoas. Minha primeira experiência com protozoários foi quando o professor Aguinaldo Hanemman no antigo GAC, hoje UNASP, nos pediu para fazer uma cultura com água da antiga lagoa do GAC e depois analisarmos amostra daquela água sob as lentes do microscópio. Fiquei admirado ao ver algo parecendo um jeepinho se movendo de um lado para outro na lâmina de vidro e o professor confirmando que se tratava de um protozoário. Eles, apesar de invisíveis a olho nu, existem de fato. Apenas porque não são percebidos fora dos laboratórios não é prova suficiente para negar sua existência. Eles existem. Durante toda a história do homem na terra, até o ano de 1590, a humanidade viveu ignorando que esses seres existissem. Só depois que dois holandeses, Hans Janssen e Zacarias Janssen, pai e filho respectivamente, fabricantes de óculos, inventaram o microscópio foi que muita coisa encoberta veio à luz, como algas, protozoários, amebas, bacilos, fungos e outros e finalmente a célula, o átomo que hoje já é conhecido mais profundamente e subdividido em elétrons, prótons e nêutrons e até o núcleo já é divisível em glúon e quarks. Coisas muito profundas para nossa cabecinha. .

Posso afirmar com segurança que há ainda muitos outros segredos na natureza que ainda não são conhecidos. E posso afirmar também que ainda somos muito ignorantes. O Homo sapiens não sabe tudo, Deus ainda tem segredos para nos revelar na Nova Terra, “coisas que o olho não viu e que ainda não subiram ao coração do homem, sãos as coisas que Deus separou para aqueles que o amam” (I Cor.2:9).

Eu penso que Deus, na sua onisciência, nos ocultou muitas coisas para nos poupar de muitos aborrecimentos e penso também que ele está aguardando o momento certo para nos revelar os mistérios profundos da sua criação. Um dia o salvador virá, um dia ele esclarecerá, pode estar seguro disso.

Os comentários estão encerrados.