Meditação diária de 30/03/2018 por Flávio Reti
30/03/2018
Comentários da Lição 13 (1o Trim/2018) por Pr Sérgio Monteiro e amigos
31/03/2018

Meditação diária de 31/03/2018 por Flávio Reti

31 de março

O Lobo (Canis lupus)

I Pedro 4:7 “Mas já está próximo o fim de todas as coisas, portanto, sede sóbrios e vigiai em oração”

O lobo faz parte da família do cão, os canídeos. Eles existem em todos os continentes, mas no Brasil se fala muito no lobo guará, porque ele está à borda da extinção. Há muitas curiosidades sobre os lobos: Uma delas é que eles possuem glândulas sudoríparas especiais nas patas que ao caminhar vão deixando o odor característico por onde passam. Outra é que eles não atacam animais parados, eles preferem que o animal corra para atacarem. Eles também preferem atacar animais velhos e doentes, ao invés de atacar animais sadios. Outra, se um veado perceber a aproximação do bando de lobos, ele não deve correr. Se ele permanecer firme onde estiver e até caminhar em direção aos lobos, eles se afastam, mas se ele se intimidar e correr vai dar naquilo que os lobos gostam: a aventura da caçada. Mais uma curiosidade: A saliva dos lobos é um poderoso antisséptico que ajuda a reduzir a infecção bacteriana nas feridas e acelera a recuperação do tecido machucado ou ferido. Durante a noite, os lobos gostam de uivar para localizar o bando e seu uivo pode ser ouvido a uma distância de 1 quilômetro. Os lobos, assim como os cães, também são portadores da doença da raiva canina, cientificamente denominada de hidrofobia. As garras dos lobos estão sempre expostas e eles não conseguem esconder as garras como fazem os felinos. O pelo dos lobos cumprem um boa função, servem de isolamento térmico nas ocasiões frias e de evitar o excesso de calor no verão e por isso nas regiões mais frias sua pelagem é mais densa.
Então, o que eu posso aprender com os lobos? Que existe um livro chamado Moogly, o menino Lobo? Nada disso. Eu aprendo que nada mais agrada ao diabo do que nos assustar levando-nos a crer que não temos a menor chance de escapar e então correr com medo enquanto me afasto do lugar seguro. Se nosso relacionamento com Deus não é tão sadio como deveria ser, tornamo-nos alvos perfeitos de satanás, porque assim como os lobos ele prefere os doentes e fracos espiritualmente. Mas quando dependemos de Jesus e conservamos nossa relação com ele, podemos encarar o maligno nos olhos e vê-lo fugir assustado. O lobo, satanás, não mete medo nos fiéis seguidores de Jesus. Aliás, o apóstolo Tiago aconselhou a resistir ao diabo e ele fugirá de nós (Tiago 4:7). É assim que venceremos, ficando firmes diante das vicissitudes que o diabo lança ao nosso redor.

(As imagens e fotos foram extraídas do site https://pixabay.com/pt/photos/ e também do site https://www.zoo.pt/site/animais_lista.php porque são imagens e fotos gratuitas.)

Os comentários estão encerrados.