Inauguração das novas salas da Escola Sabatina
27/08/2018
Meditação diária de 29/08/2018 por Flávio Reti
29/08/2018

Meditação diária de 28/08/2018 por Flávio Reti

28 de agosto

O Canário (Serinus canaria)

Salmos 95:1   “Vinde, cantemos alegremente ao Senhor, cantemos com júbilo à rocha da nossa salvação”

Quem ouve falar nas Ilhas Canárias, na América Central, pensa logo que deveria haver muitos canários na Ilha por ocasião do descobrimento, mas se engana, porque o nome Ilhas Canárias se deve ao fato de haver, na época do descobrimento, muitos cães selvagens na ilha e como a palavra cão em Latim é canis a ilha veio a se chamar, em espanhol, Canárias, em Latim canaria, significando ilha dos cães. Mas o nosso canário, também chamado de canarinho e canário-do-reino que dá nome à seleção brasileira de futebol, a seleção canarinho, é porque a camisa amarela se assemelha à cor amarela do canarinho brasileiro. Ele é originário da dos Açores, Portugal. Os navegadores portugueses, piratas e descobridores, costumavam levar os canarinhos encontrados nas terras da América de presente aos reis dizendo que eram canários da terra descoberta e esse foi o nome que ele herdou, canário-da-terra. No Brasil existe uma entidade denominada Federação Ornitológica Brasileira que criou um manual de classificação dos canários que já conta com 450 cores diferentes e com juízes para classificar e julgar nos concursos de canto, beleza, postura dos canários, essa joia da ornitologia brasileira. Eles se constituem em animais pequenos e frágeis, como tal, merecem cuidados especiais na alimentação, na higienização do viveiro e no cuidado com o clima. Como se está falando de um passarinho muito desejado aqui no Brasil, é bom saber quanto custa um canário que tenha pedigree e se lhe interessou o assunto, saiba que um canário de boa procedência pode custar até 150,00 reais nos petshops. Com essas poucas informações você deve ter aprendido alguma coisa sobre canários e se você pensava em ter um, agora já pode correr atrás.

Encanta-me vê-lo cantando mesmo dentro de uma gaiola, por vezes minúscula, onde ele passa a vida inteira enclausurado simplesmente para agradar os caprichos de seu dono. É verdade que ele canta bonito, mas com certeza um passarinho preso canta porque não sabe chorar. Nós, às vezes, nos assemelhamos a passarinhos presos neste mundo. Não temos para onde ir e nem temos muitos motivos para cantar, apenas choramos, porque a vida neste mundo é cruel. Como qualquer passarinho preso, nós aguardamos o dia da libertação, o dia em que uma porta se abrirá e nós iremos viver a liberdade do jeito que Deus criou. Esse dia virá e não tardará quando Jesus disser “chegou a hora” de buscar meus escolhidos da terra. Aí, sim, vamos cantar de uma alegria indizível diante de todo o universo expectante.

Os comentários estão encerrados.