Meditação diária de 22/11/2018 por Flávio Reti
22/11/2018
Street Store Hortolândia 2019
23/11/2018

Meditação diária de 23/11/2018 por Flávio Reti

23 de novembro

A Centopeia (lulus sabulosus cllindroiulus)

Salmos 40:2   “Também me tirou de uma cova de destruição, de um charco de lodo, e pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos”

Você acredita que as centopeias possuem de 15 a 200 pares de patas? É muita perna e muita pata e como então ela não tropeça nas próprias pernas? Não deixa de ser um animal curioso. Algumas centopeias recebem o nome de lacraias, algumas são venenosas e algumas até possuem um sistema de iluminação semelhante ao dos vagalumes, e olha que existem centopeias que chegam a 50 centímetros de comprimento, essas dão medo. Elas não são pacíficas como parecem, elas são predadoras de pequenos animais e quando se sentem ameaçadas, elas levantam a cauda, assim como o escorpião, mas não é a cauda que significa perigo, não é na cauda que ficam os ferrões, mas num dos pares de patas adaptado como mandíbulas e por onde algumas espécies inoculam o seu veneno. As centopeias vivem por até 6 anos e sempre em ambientes úmidos sob material em decomposição como folhas e troncos podres. É comum encontrá-las debaixo de pedras, casca de árvores, no meio das folhas do jardim. Elas estão nas hortas, nos jardins, nos montes de entulhos, nos vasos de planta, nos xaxins e até nos boxes dos banheiros porque ali elas recebem humidade e luz solar. Elas são mais ativas durante a noite e por isso são predadas pelas corujas, pelos sapos. Embora nos pareça um tanto nojento manipular uma centopeia, ela não transmite doença, ao contrário, elas são servidas como alimento na Coreia e na China depois de secas ao sol e também consumidas como remédio. Os índios daqui do Brasil, de Pernambuco, também devoravam as centopeias. O nome de centopeia deriva do Latim, onde significava com “cem pés”, mas na verdade as pernas da centopeia não possuem pés, e sim uma espécie de garras Os cientistas já catalogaram mais de 300 espécies de centopeias sendo 150 delas só no Brasil. Todas as centopeias possuem o corpo formado por anéis e em cada anel um par de patas, isso quer dizer que se ela tiver 60 segmentos, ela terá 60 pares de patas, isto é, 120 patas. A centopeia se parece muito com o que chamamos de piolho-de-cobra, mas com uma diferença marcante: O piolho-de-cobra possui dois pares de pata em cada segmento e também não são venenosos como algumas centopeias denominadas de lacraias.

Apesar de tantas pernas, elas sabem para onde querem ir e todas as pernas se movem coordenadamente. Infelizmente, o homem, que possui apenas um par de pernas nem sempre sabe para onde quer ir e nem sempre sabe coordenar seus passos e por isso anda por esta vida sem rumo e sem destino, vivendo pelo provérbio que diz “deixa a vida me levar”. Se não sabemos para onde queremos ir, qualquer destino serve e daí não há certeza de nada nesta vida. As centopeias, às vezes, sabem melhor do que nós.

Os comentários estão encerrados.