Contraponto: “O que estamos ouvindo?” – 26/05/18
22/05/2018
Curso de Primeiro Socorros – 27/05/18
23/05/2018

Meditação diária de 23/05/2018 por Flávio Reti

O Texugo (Taxidea taxus)

João 8:24 “Por isso vos disse que morrereis em vossos pecados, porque, se não crerdes
que eu sou, morrereis em vossos pecados”

O texugo é mais um da família da raposa, do gambá, da lontra, da doninha, do furão. É um mamífero de corpo grosso, cauda curta e de pelos rijos dos quais se fazem os melhores pincéis para barbear e a pele é valiosíssima. Têm hábitos noturnos e vivem em tocas cavadas no chão. Sua toca é obra de engenharia animal, pois ele cava um túnel e um quarto,
depois outro túnel e mais um quarto, até que vai virando um labirinto, uma rede de túneis com vários acessos. É um animal muito higiênico, porque faz seu banheiro do lado de fora, um buraco onde deposita seus dejetos. É um animal pequeno mas muito corajoso. Ele se mete numa colmeia para comer o mel e mesmo sendo picado pelas abelhas não desiste. Acaba comendo até as abelhas, aliás, ele come insetos, cobras, ratos, raízes e frutas.

Em 2016, no campeonato Suíço, um texugo invadiu o campo de futebol e com dificuldade o zagueiro conseguiu agarrá-lo. No cinema, numa comédia chamada “ANIMAL” ele apareceu como coadjuvante, quando o personagem de Robert Schneider tomava leite de texugo e virava um super mega herói. Na Inglaterra foi motivo de grande polêmica por ser considerado o transmissor da tuberculose bovina e sentenciado à morte gerando grande protesto da comunidade defensora dos animais. Uma informação que pouca gente sabe, é que o texugo é imune ao veneno de cobra. Isso não acontece com os demais animais, nem com o homem.

Eu me ponho a pensar num veneno mortal que vai acabar matando a maioria dos habitantes da terra e que se chama “pecado”. A bíblia afirma que “todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus” (Rom. 3:23). Pessoas infectadas por esse veneno, se não buscar ajuda do antídoto certo, por certo vão morrer porque estão destituídas da glória de Deus. Felizmente, existe uma saída, uma cura disponível a todos os infectados, embora sejam muitos. O sangue de Jesus, do “cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (João 1:29). Se você tem essa noção de que foi atingido pelo pecado, esse veneno mortal, não hesite em recorrer ao único remédio que pode salvar sua vida, Jesus Cristo, o filho de Deus, cujo sangue derramou em favor de todos que o aceitarem. Não é leite de texugo, do cinema, tomado por Robert Schneider, que vai fazer qualquer milagre para curar a malária do pecado, é só o sangue de Jesus.

Os comentários estão encerrados.