Meditação diária de 21/05/2018 por Flávio Reti
21/05/2018
Contraponto: “O que estamos ouvindo?” – 26/05/18
22/05/2018

Meditação diária de 22/05/2018 por Flávio Reti

22 de maio

O Tentilhão (Fringilla coelebs)

Gênesis 1:1 “No princípio criou Deus os céus e a terra”

E você estava pensando que tentilhão era um animal muito grande, assustador, mas ficou decepcionado quando viu que se trata de um simples passarinho. É mais uma avezinha, mas você não imagina a polêmica que derivaram dessa ave. Os tentilhões são pássaros que habitam as ilhas do Pacífico Sul, mais precisamente nas Ilhas Galápagos. Eles se parecem muito com o nosso enxerido pardal, com uma diferença que é mais colorido do que o pardal. Quando, em 1859, Darwin passou por lá, fazendo sua expedição científica, ele notou que nas ilhas havia tentilhões cujos bicos eram diferentes entre si de ilha para ilha. Isso foi o suficiente para Darwin lançar sua teoria de que os animais evoluem. “Eles não foram criados por Deus, na semana da criação, mas evoluíram a partir de um ancestral comum”. Os bicos variados dos tentilhões eram prova disso, escreveu ele. De volta à Europa, na Inglaterra, sua terra natal, ele lançou um livro com o título de “Origens das Espécies” que criou o maior reboliço entre as crenças das pessoas. Até aquela data, todos acreditavam que Deus criou o mundo em seis dias e criou também os animais. Mas Darwin agora publicou uma nova teoria, a teoria da evolução, afirmando que tudo evoluiu de uma única célula que casualmente se formou nalgum lugar incerto.
Os pobres tentilhões não sabem, nunca souberam e nunca vão saber que por causa de seu bico uma tremenda controvérsia se estabeleceu no mundo. Simplesmente porque um homem, arrogando a si toda a sabedoria do mundo, fez uma afirmação contrária ao pensamento geral e criou tamanha celeuma. De lá para cá, Deus vem sendo evitado, desmentido, zombado, desacreditado por causa de pequena diferença no bico do tentilhão. Parece incrível, mas foi logo depois do surgimento da nossa Igreja, em 1844 que o inimigo das almas, satanás, levantou esse homem para destronar a Deus de sua dignidade como criador de todas as coisas. Hoje a teoria da evolução é ensinada nas escolas, em desafio direto contra as escrituras que afirmam Deus como o criador e senhor de todo o universo. Essa é a herança maldita de Darwin em cima dos pobres tentilhões, um passarinho inocente no centro de tamanha polêmica. Mas eles continuam por lá, acordando a cada dia com cânticos ao criador, alheios à teoria de Darwin. Se os homens não reconhecem o Criador, eles, no entanto, o louvam a cada nova manhã.

Os comentários estão encerrados.