Apresentação especial das bandas do UNASP Tricamp
17/08/2018
Dia Nacional do Ciclista 19 de agosto de 2018
18/08/2018

Meditação diária de 18/08/2018 por Flávio Reti

18 de agosto

As bactérias (bacterium)

Jeremias 49:    “Pois eis que te farei pequeno entre as nações, desprezado entre os homens”

As bactérias se encontram em toda parte aos milhões, porque são muitíssimo minúsculas que não se pode ver a olho nu, mas elas estão por aí, no ar, na água, no solo inclusive dentro e fora do nosso corpo. Elas se multiplicam numa velocidade assustadora e a maioria delas são prejudiciais ao nosso organismo e às plantas igualmente. Dentre elas, algumas são benéficas, especialmente as que povoam nossa flora intestinal. Existem bactérias na nossa boca, no nosso nariz, no intestino, nas partes íntimas do nosso corpo. Há bactérias que se instalam nas raízes das plantas e produzem substâncias químicas que beneficiam as plantas. No solo, as bactérias destroem as folhas caídas transformando-as em adubo para a própria planta. O que você chama de apodrecimento nada mais é do que bactérias agindo sobre a fruta, a folha, o alimento. Muitas doenças que atacam o ser humano e os animais são bactérias agindo no corpo. As bactérias assumem formatos diferentes. Algumas são arredondadas, algumas em forma de bastonetes, em formato espiralado, algumas são em formato de uma vírgula. E pensar que a humanidade conviveu a vida inteira sem saber que as bactérias existiam! Só com a invenção do microscópio é que esses seres invisíveis a olho nu vieram ao conhecimento da humanidade. E o microscópio só foi inventado em, pelo menos assim se acredita, em 1590, bem depois do descobrimento do Brasil em 1500. Até esta data a ignorância sobre bactérias e sobre doenças causadas por elas eram totalmente desconhecidas e as pessoas morriam por causa da ignorância. A tuberculose, hanseníase, difteria, coqueluche, pneumonia, tétano, leptospirose, sífilis, meningite são todas doenças causadas por bactérias e só agora o homem tem conhecimento disso. Quanta gente morreu vítimas de doenças hoje facilmente combatidas e com cura 100% garantida. Hoje existe nas escolas superiores uma matéria de nome bacteriologia onde o aluno estuda as bactérias, especialmente na área de medicina. Para você ter uma ideia, uma bactéria, que é um animal unicelular, isto é, que possui unicamente uma célula, mede apenas 0,2 a 1.5 µm, isso é, a milésima parte de um milímetro. Quase inacreditável, mas é verdade!

Pequenas, mas muito significativas no processo da vida. Posso me lembrar delas lendo o que escreveu o apóstolo Tiago, ao dizer que a língua é um pequeno fogo que pode incendiar um grande bosque (Tiago 3:5). Nem sempre o que é pequeno é desprezível. Dizem que nos menores frascos se encontram os melhores perfumes. Os pequenos animais são os mais venenosos. Comparados ao tamanho do cosmo, dos grandes mundos no espaço, nós somos menos que um grão de areia na terra, no entanto ainda somos filhos de Deus, e cabemos dentro de seu amor.

Os comentários estão encerrados.