Meditação diária de 13/06/2018 por Flávio Reti
13/06/2018
Meditação diária de 15/06/2018 por Flávio Reti
15/06/2018

Meditação diária de 14/06/2018 por Flávio Reti

14 de junho

A chinchila (Chinchilla lanígera)

João 10:11   “Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas”

É um bichinho muito simpático e muito dócil, come pouco e não incomoda com barulhos e nem tem cheiro forte desagradável. É muito tranquilo e tímido e por isso mesmo ele gosta de ambiente tranquilo e longe de barulhos. Descansa durante o dia e fica ativo durante a noite, isso é característico dele. Come apenas 30 gramas de alimento por dia e no seu cardápio deve entrar capim seco fibroso, mas ele não dispensa uva passa e casca de maçã, sempre fresquinhas, porque ele não come alimento velho, deve ser fresquinho. Os criadores já têm à disposição a ração adequada, balanceada que possui todos os nutrientes necessários para a saúde do animal. A chinchila faz sua higiene chafurdando, na natureza, na areia, mas em cativeiro os criadores oferecem uma vasilha com carbonato de cálcio para limpeza do pelo e da pele e que também é desengordurante A chinchila é um animal limpo, gosta de banho todos os dias. A chinchila já nasce com os olhos abertos e com a dentição completa de vinte dentes. Elas não sabem e nunca vão saber, mas já nascem destinadas a oferecer sua pele para a indústria de confecção. Soltas, na natureza, elas sobrevivem até 13 anos, mas em cativeiro, para produção de peles, elas vivem menos de um ano. Pobres, chinchilas, vivem tão pouco para agasalhar com sua pele pessoas orgulhosas sem escrúpulo.

Eu penso na pessoa de Jesus. Ele viveu apenas 33 anos, muito pouco comparado à vida média de uma pessoa no Brasil, porque hoje os brasileiros vivem em média 72 anos. Portanto, Jesus viveu menos da metade da vida média de um brasileiro. Semelhantes às chinchilas, que morrem cedo em função das pessoas, ele morreu jovem para salvar as pessoas. Acho que pior que as chinchilas, que recebem de seus criadores tudo de bom, comida, ambiente protegido, vacinas, acompanhamento de veterinário. Jesus viveu uma vida simples, tão simples que nunca teve nada de facilidades. Trabalhou como carpinteiro, andou pelas estradas poeirentas da Galileia, foi roubado de suas vestes e quase nu foi crucificado em favor dos homens. Uma chinchila, apesar de morrer jovem, tem vida melhor do que teve Jesus, nosso salvador. Quando você tiver a oportunidade de ver uma chinchila, pense em Jesus, que deu não apenas sua pele, mas deu a vida pela nossa salvação.

Os comentários estão encerrados.