Feliz Dia dos Pais!
11/08/2018
Projetos Extensão Universitária
12/08/2018

Meditação diária de 12/08/2018 por Flávio Reti

12 de agosto

O Camundongo (Mus musculus)

Mateus 21:28   “…Filho, vai trabalhar hoje na minha vinha”

Um camundongo nada mais é do que um ratinho, um rato pequeno, que normalmente se atreve a querer conviver conosco dentro das nossas casas. É um mamífero roedor bem pequeno, aliás, um dos menores mamíferos. Ele pode ser visto no mundo inteiro, todo mundo se queixa dos camundongos, porque eles são muito pequenos e se esgueirando eles passam em qualquer fresta da porta ou da janela. Eles podem até ser bonitinhos, fofinhos, mas se você encontrar um deles dentro do seu armário de alimentos, com traços de fezes de rato parecendo grãos de arroz preto, xixi de rato cheirando mal, não vai ser nada engraçadinho. A primeira reação é conseguir uma ratoeira e exterminar com o intruso. Até dá vontade, nesta hora, de arrumar um gato pra ter em casa. Os camundongos vivem passeando pelo chão das casas onde entram e são muito ativos à noite quando reina silencio. Sobem pelas paredes com facilidade, sabem nadar muito bem, usam o olfato e a audição para se locomover no escuro. Uma ninhada de camundongo nasce depois de 3 semanas e pode conter até 18 ratinhos. Apenas um casal de camundongos pode gerar dentro de um ano de trinta a quarenta filhotes. São uma praga pra destruir alimentos, roupas e vão roendo tudo que encontram pela frente. No final, eles podem trazer doenças para dentro de casa. Mas, mesmo sabendo dos malefícios dos camundongos, há quem goste deles e criam-nos como animais de estimação. Eles não fazem estragos por maldade, faz parte de sua índole roer as coisas e procurar alimentos, é natural, mas que não venha procurar no meu armário, nas minhas gavetas, nas minhas estantes de livros. Na verdade, os animais nunca são preguiçosos, todos eles têm seu trabalho a fazer e querem fazê-lo bem feito. Os únicos animais preguiçosos e que nunca trabalham são aqueles que o homem adotou como PET. É muito difícil você ver um animal, gato ou cachorro, ou qualquer outro, não fazendo nada. Eles sempre estão fazendo alguma coisa de bom, na visão deles, não na sua.

Mas, se os animais trabalham, por que os homens são muitas vezes preguiçosos? Quando Deus criou o homem, ele o colocou no Jardim do Éden para cuidar do jardim. Ele precisava de uma ocupação. Acho que foi por isso que o apóstolo Paulo asseverou: “Quem não quiser trabalhar, não coma também” (II Tess. 3:10). E você gosta de trabalhar? Ou prefere tudo mais fácil como os camundongos nos armários?

Os comentários estão encerrados.