Meditação diária de 09/07/2018 por Flávio Reti
09/07/2018
Meditação diária de 11/07/2018 por Flávio Reti
11/07/2018

Meditação diária de 10/07/2018 por Flávio Reti

10 de julho

Bicho-de-pé (Tunga penetrans)

Lucas 21:36   “Vigiai, pois, em todo tempo, orando, para que possais escapar de todas essas coisas que hão de acontecer e estar em pé, na presença do filho do homem”

No interior, para quem trabalha na roça, bicho-de-pé é coisa comum do dia-a-dia e muitas pessoas já tiveram, como eu mesmo já tive, mas você sabe que bicho é esse? É um tipo de pulga de cor marrom que na fase adulta mede até dois milímetros. Ele ou ela consegue furar a pele do homem e dos animais para se alimentar do seu sangue e para depositar seus ovos no furo. Ele pode infestar qualquer parte do corpo, mas principalmente os pés por estar mais desprotegidos. Dá para perceber na imagem que o bicho-de-pé se parece com um grão de sagu. Quando a pessoa pega o famoso bicho-de-pé, ela de início vai sentir coceira no local onde ele penetrou e ficou alojado. Com o tempo a coceira aumenta e o local começa a inchar e vai aparecendo uma bolinha que não desperta surpresa. Se o bichinho não for retirado, pode haver o risco de inflamação e pode evoluir para uma infecção e até uma gangrena e daí até a amputação do pé. Na verdade, o bicho-de-pé é um parasita que vive às custas de outro animal e quando ele escolhe o homem para sugar, temos aí um problema sério de saúde pública. É um bichinho que passa por insignificante, mas pode trazer consequências desastrosas. Há casos em que a infestação é tanta que os pés parecem estar cheios de verrugas e inchados que chega a apavorar quem vê. É um bichinho de alguns milímetros, e ninguém se incomoda com ele, até que o recebe de brinde e vai ter um problemão para se livrar dele.

Assim é o pecado na nossa vida. De início é um pecadinho só, que também passa desapercebido, mas se não for tratado adequadamente, pode levar o indivíduo a ter sérias complicações e possivelmente a morte, porque o pecado é ainda pior do que bicho-de-pé. Há nas farmácias um comprimidinho de nome LACTO-PURGA, que como você já deve ter desconfiado é um laxante, na linguagem popular chamado de purgante. É pequeninho, mas faz um efeito danado. Um só comprimidinho deixa o indivíduos algumas horas no vaso sanitário. Assim é o bicho-de-pé e assim é o pecado. Precisamos cuidar com suas consequências ou sofrer as consequências. O bicho de pé chega imperceptivelmente e vai se alojando na nossa pele e só depois damos conta de que estamos com ele. Assim também os maus hábitos de vida, vão se adaptando a nós, vão chegando e ficando e muito depois descobrimos que estamos habituados e mal habituados. Assim é a vida de pecados, eles chegam e ficam.

Os comentários estão encerrados.