Comentários da Lição 10 (4o Trim/2018) por Classe dos Pais
07/12/2018
Evento FIEL 2018
08/12/2018

Meditação diária de 08/12/2018 por Flávio Reti

08 de dezembro

Tesourão grande (Fregata magnifecens)

Marcos 13:35, 36   “Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o Senhor da casa… para que, vindo de improviso, não vos ache dormindo”

Não é pequeno, mede mais de um metro e tem uma envergadura de 2.3 metros. No caribe, onde ele é mais abundante, ele recebeu o nome de piratas-do-caribe, porque é uma ave ligeira que pesca dando voos rasantes sobre o mar e apanha peixes de verdade. Essa espécie de saco vermelho no pescoço, em baixo do bico, é só os machos que ostentam na época de acasalamento. Embora ele seja mais abundante na região do Caribe, é comum encontrá-lo nas nossas praias planando nos céus, porque ele tem um voo elegante por causa de suas asas que excedem a relação tamanho da asa e seu peso, por isso eles planam no ar sem fazer esforço e fazendo manobras velozes. Apesar de ser uma ave marinha, seus dedos não possuem membrana ligando um ao outro e sua plumagem não é impermeabilizada, com isso ela evita mergulhar e quando acidentalmente mergulha, ela fica horas em cima de alguma pedra se secando ao sol. Muitas delas se fisgam sozinhas ao tentar roubar a isca que os pescadores colocam nos anzóis e deixam flutuando na água. Elas inadvertidamente, supondo ser um peixe ou pedaço dele, acabam se fisgando e morrem invariavelmente se afogando. O tesourão é uma ave especialista em molestar outras aves, como os atobás, por exemplo, a fim de fazê-los regurgitar os peixes que engoliram para roubar o alimento de dentro de seu estômago. Os atobás, para se livrarem do tesourão, pousam na água e ficam a salvos, uma vez que os tesourões não conseguem nadar e nem têm gordura protetora, logo, morreriam de frio em pouco tempo. Eles já foram vistos pairando no ar com os urubus durante longos períodos e bem longe do mar, até vários quilômetros. Você pode não acreditar, mas os tesourões conseguem dormir em pleno voo. Eles voam durante dias seguidos, 3.000 quilômetros em 10 dias, e enquanto voam vão tirando um cochilo. Alguns alemães pesquisadores colocaram pequenos sensores nas aves e comprovaram que elas conseguem voar com a metade do cérebro adormecido enquanto a outra metade fica desperta. Essa mesma experiência já foi feita com patos em terra. Os tesourões dormiram 40 minutos por dia durante a viagem.

Dormir é uma experiência até agradável, muitas pessoas gostam de dormir mais do que outras. Em geral as mulheres dormem mais do que os homens, mas dormir pode ter uma conotação muito negativa. Como cristãos, somos aconselhados a não dormir, e aproveitar o tempo de oportunidade que temos porque os últimos dias serão adversos, podem ser maus. Tomar decisão em tempo é uma necessidade ou vamos ficando para trás com aqueles que perecem pelo caminho. O provérbio diz que “o mundo é dos vivos” e os que dormem não sentem a vida passando celeremente.

Os comentários estão encerrados.