Comentários da Lição 01 (3o Trim/2018) por Profª Ana Kelly Ribeiro
06/07/2018
Meditação diária de 08/07/2018 por Flávio Reti
08/07/2018

Meditação diária de 07/07/2018 por Flávio Reti

07 de julho

O Jequitiranaboia (Fulgora laternaria)

I Coríntios 15:10   “Mas, pela graça de Deus, sou o que sou…”

Está achando que é um palavrão, não é não, é o nome dele mesmo, é que ele não é muito comum. Quando ele abre as asas, parece uma borboleta ou uma mariposa, mas com a cabeça parecendo cabeça de cobra ou de jacaré, e na realidade se trata de uma espécie de cigarra meio parente dos vagalumes, apenas com esse nome tão indizível, “jequitiranaboia”. A cabeça, imitando uma cobra ou jacaré, não é uma cabeça de verdade, mas sim uma camuflagem ou coisa do género, com um grande olho que também não é um olho. Se repararem bem, tem até uma fileira de dentes que imitam o jacaré. Mas, trata-se de uma cabeça completamente oca, sem nada por dentro. Não é mais do que um artifício, sem dúvida, para meter medo aos seus naturais predadores (aves, répteis, etc.). Um bichinho extraordinário, sem dúvida e, segundo o que parece, muito raro de se encontrar. Não é um inseto pequeno, chega a medir até 10 centímetros, tem a aparência de uma vagem de amendoim, mas possue asas cheias de pontos grandes que assemelham ao olho de uma coruja. Quando pousa, ele anda de lado ou para trás, e não para frente. Sua reprodução é igualzinha a reprodução de suas primas, as cigarras, que colocam ovos nos galhos das árvores, depois de eclodir as larvas caem na terra e se enterram nas raízes e se alimentam da seiva até sair depois de anos para cantar alguns dias, só que o jequitiranaboia não canta como a cigarra. Ele não representa perigo algum, assim como a cigarra e o vagalume, seus parentes próximos.

Ele parece cobra, parece jacaré, parece borboleta, parece mariposa, mas é cigarra, primo do vagalume, não sabe andar para frente, só de lado ou para trás, seu corpo antes de abrir as asas parece uma vagem de amendoim. Muito estranho. Afinal, quem é ele? Sabia que há pessoas assim? Vivem de aparências e não são o que aparentam ser? É um mal que acometem mais os jovens ao querer imitar algum ídolo, algum cantor, algum artista. Passam a se vestir como eles, a se comportar como eles e acabam não sendo nenhum deles. Depois de algum tempo se descobrem e se enxergam como alguém que perdeu tempo tentando imitar e descobre que a imitação nunca o igualou ao ídolo. Jovens assim não sabem andar para frente, só de lado ou para trás. Algo está errado ou com o bichinho ou com algumas pessoas jovens.

Os comentários estão encerrados.