Meditação diária de 04/11/2018 por Flávio Reti
04/11/2018
Meditação diária de 06/11/2018 por Flávio Reti
06/11/2018

Meditação diária de 05/11/2018 por Flávio Reti

05 de novembro

O Micuim (Amblyomma cajennense)

Jó 13:23   “Quantas iniquidades e pecados tenho eu? Faze-me saber a minha transgressão e o meu pecado”

Micuim é o nome que os sertanejos dão a um tipo de carrapato bem miudinho, quase invisível, que infesta os campos de pastagens quando é época de seca, antes da estação das chuvas. Os micuins infestam as moitas de capim deixando as hastes do capim e as folhas realmente escuras de tanto micuim acumulado em pouco espaço. São muito pequenos, vivem muito aglomerados e se movem com tamanha ligeireza que impressiona. Só é necessário esbarrar no capim ou na folha onde eles estão para sair de lá com o corpo cheio deles, e não um micuim, mas dezenas ou centenas e já começa uma coceira infernal no corpo por causa das suas picadas. A maneira mais prática de eliminá-los do corpo é pôr álcool sobre eles e em seguida catá-los um a um com a unha, porque o álcool os força a se soltar da pele. Se alguém tentar tirá-los na marra, pode ficar pedaços dele ferrado na pele e resultar em alergia ou infecção, o local pode inflamar e aparecerem terríveis irritações de pele. A pessoa pega o micuim, ou melhor, o micuim pega a pessoa, e esta nem percebe, mas começa a se coçar com frequência e, sem querer, ela arranca o micuim do local, mas ele vai e se firma noutro local permanecendo no corpo e vai picar novamente, porque ele se alimenta de sangue de animais. O fazendeiros, quando a infestação do campo é muito grande, eles preferem pôr fogo no pasto para aliviar, mas os que já estão no corpo dos animais vão continuar o ciclo reprodutivo e no próximo ano infestar de novo a propriedade. E não existe nada mágico para resolver o problema do carrapatinho, ele é insistente e sua picada sempre vai coçar. Antigamente micuim só existia nas fazendas onde havia criação de animais, mas eles estão vindo para perto das cidades também e já se pega micuim e outros tipos de carrapatos nos terrenos baldios da cidade e até em campinhos de futebol onde a garotada joga a pelada. A coceira, a reação alérgica e o sangue que eles sugam é o mínimo, o problema é que eles podem ser transmissores da famosa febre maculosa que pode matar. Os biólogos costumam dizer que micuim é o filhote de carrapatos, ou o carrapatinho recém-nascido do ovo, mas não é, micuim é um tipo de carrapato que mesmo sendo adulto é miudinho mesmo. Se não prestar atenção, dificilmente vai perceber que tem micuim agarrado no corpo, geralmente nas virilhas e embaixo do braço, porque eles se parecem com pontinhos escuros, confunde com alguma fuligem de folhas secas, mas quando perceber eles já estarão gordinhos, cheios do seu sangue. Micuim é insidioso igual ao pecado, a gente nem percebe que está pecando e está.

Os comentários estão encerrados.