Meditação diária de 05/12/2018 por Flávio Reti

Culto de encerramento das atividades jovens de 2018
04/12/2018
Meditação diária de 06/12/2018 por Flávio Reti
06/12/2018

05 de dezembro

Papagaio de Pesquet ( Psittrichas fulgidus )

Salmos 37:5   “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele e ele tudo fará”

Esse tipo de papagaio também é conhecido na região da Nova Guiné, África, como papagaio vulturino porque sua cara é preta e seu bico se parece muito com o bico das aves carniceiras como o urubu, o falcão. Olhe bem para seu bico e confirme se não parece mesmo com bico de urubu. É um papagaio grande que chega a medir 46 centímetros e a pesar até 800 gramas, quase do tamanho de uma arara. De plumagem negra, tal qual um urubu, mas com a barriga e parte da asa vermelhas. O macho adulto tem uma mancha vermelha também atrás do olho enquanto a fêmea não tem essa mancha atrás do olho. Por causa dessa sua aparência de abutre, alguns o chamam de papagaio do diabo. Apesar de parecer uma ave carniceira, ele é exclusivamente comedor de frutas, notadamente de figos silvestres. Quando não está no bando, geralmente é um bando de uns 20 indivíduos, ele está com sua parceira, mas nunca ele vai estar sozinho. Pelo fato de suas penas serem altamente valorizadas, a caça do papagaio de Pesquet também aumentou e ele já consta como tendendo à extinção da espécie. Papagaio de cara preta, mico leão de cara preta, boi da cara preta, rottveiller de cara preta, ovelha de cara preta, cisne de cara e cabeça preta, o que pode haver com vários animais todos de cara preta? Seria coincidência? Ou há alguma sutileza mais profunda que desconhecemos? Não há uma explicação porque são animais diferentes em espécies diferentes, mas sempre que um animal se apresenta de cara preta causa um pouco mais de medo, de assombro e não é a mesma coisa que olhar para um animal com a cara de outra cor. Quer mais popularidade do que o mico-leão-de-cara-dourada? As cores mexem com nossas sensibilidades e sempre provocam alguma coisa dentro de nós. Afinal, ninguém gosta do escuro, todos preferem a claridade.

Mas nós nos esquecemos que todos têm um lado escuro na vida. Pode ter sido um período de doença, pode ter sido um desemprego, um desencontro, uma discussão com alguém, uma perda irreparável, uma reprovação escolar, seja lá o que for, todos têm alguma passagem negra na vida. Mas a boa notícia é que todos um dia vão ver o Senhor Jesus vindo na sua glória e majestade nas nuvens do céu. Se vier para me buscar, maior será a glória, mas se vier para me condenar, mais negra ainda será a minha vida. Mas nem por isso devemos temer as passagens negras da vida, basta saber que Cristo pode resolver nossos impasses que a vida já dá uma clareada. Vamos aprender a confiar na pessoa de Jesus.

Os comentários estão encerrados.