Meditação diária de 13/04/2017 por Flávio Reti
13/04/2017
Meditação diária de 15/04/2017 por Flávio Reti
15/04/2017

Meditação diária de 14/04/2017 por Flávio Reti

Dia Pan Americano

“Amplia o lugar da tua tenda e estendam-se as cortinas da tua habitações, não o impeças. Alonga as tuas cordas e firma bem as tuas estacas” Isaías 54: 2

Na história dos países sul americanos, surgiu um herói venezuelano de nome Simon Bolívar. Ele tinha um ideal de solidariedade e integração entre os povos da américa. Esse ideal veio a ser conhecido como bolivarismo ou bolivarianismo. Na verdade ele queria a união dos países americanos contra a ingerência da Espanha que reclamava a posse das terras na américa, notadamente na América do Sul. Em 14 de Abril de 1980 houve a primeira conferência

internacional dos Estados Americanos, realizada em Washington. Esse dia ficou conhecido como o dia do Pan Americano. Hoje, pela população em geral, só se fala em Pan americano quando se refere a jogos entre equipes dos vários estados da América. Por definição, pan é um prefixo grego que significa tudo, todos, geral, mundial. Veja na história de Peter Pan. Podemos dizer que a pregação é pan. Ora, Jesus não disse que esse evangelho seria pregado em todo o mundo? Então, nada errado ao dizer pregação pan mundial. Como a mente humana é limitada, nossa compreensão muitas

vezes não vai além do nosso redor e não vemos o todo. O conselho de Deus é que alarguemos a nossa mente. Isaías usa a figura de uma tenda, uma barraca, com cordas esticadas para sustentá-la e, então, ele diz “amplia o lugar da tua tenda”. É um bom conselho. Temos que ampliar nossa visão de mundo para entender e ter uma compreensão do céu, do universo, do espaço, da glória de Deus, e do próprio Deus. Geralmente dizemos que nosso Deus é um grande Deus. Mas quão grande é ele? Quando você olha para os céus, para o espaço acima da sua cabeça, ao pensar em planetas milhões de vezes maiores que a nossa terra, como você se sente? Se, como dizem os cientistas e astrônomos, há planetas que estão centenas de anos luz de distância, qual o tamanho desse universo? E saber que tudo está girando no espaço indefinidamente. Que força descomunal é essa que mantém os mundos no espaço? Deus criou tudo isso com algum propósito. Um dia saberemos. Por ora, vamos desenvolver a confiança em Deus, vamos confiar que ele ainda está no controle do universo, não apenas da nossa pequenina terra. Temos que saber que sua glória ainda cobre os céus. Parece muito para nossa cabecinha e às vezes não faz sentido, a gente não compreende a atuação de Deus na vida, na natureza. “A obra de nossa existência aqui é um preparo para a vida eterna. A educação principiada na Terra não se completará nesta vida, mas prosseguirá por toda a eternidade – sempre em progresso, sem nunca se completar. Mais e mais amplamente se revelarão a sabedoria e o amor de Deus no plano da redenção. Ao guiar Seus filhos às fontes das águas vivas, o Salvador lhes comunicará abundância de conhecimentos. E dia a dia as maravilhosas obras de Deus, as provas

de Seu poder na criação e manutenção do universo, desdobrar-se-ão perante seu espírito em uma nova beleza. Diante da luz que irradia do trono, desaparecerão os mistérios e a alma se encherá de espanto em face da simplicidade das coisas antes não compreendidas” (DTN, p.466). É próprio dos homens terem uma visão muito tacanha das possibilidades de Deus e pensamos num Deus segundo o feitio da raça humana, mas não é assim. Deus se acha numa posição muito superior

à nossa. Mortal algum pode imaginar com certeza como é Deus, como é seu poder, como ele governa o universo. De fato precisamos alargar as estacas da nossa tenda de compreensão, estender nossa visão mais além e mesmo assim nunca vamos nos aproximar do conhecimento de Deus.

Nossa visão é limitada. Um dia ele esclarecerá, um dia viveremos com ele na eternidade, se não desfalecermos pelo caminho.

Os comentários estão encerrados.