Meditação de Pôr do Sol 04/10/2019 por Maria Julia Stamado Marques
04/10/2019
Novo Encontro (06/10/2019 às 20h00)
05/10/2019

Meditação diária de 05/10/2019 por Flávio Reti – Augusto José Ramón Pinochet Ugarte

05 de outubro

Provérbios 7:7  “Verdadeiramente, a opressão faz endoidecer até o sábio e a peita corrompe o coração”

Augusto José Ramón Pinochet Ugarte

Inicialmente foi apenas um general do exército chileno que depois de um golpe militar veio a ser o ditador mais cruel na história do Chile. Ele depôs o presidente Salvador Allende e se declarou presidente vitalício de seu país. Depois de liderar o golpe militar ele descaradamente foi o presidente do Chile durante 17 anos com mãos e garras de ferro, eliminando sem escrúpulo seus oponentes. Ele derrubou um presidente que havia sido eleito pelo voto popular, democraticamente, sem denúncias e sem suspeitas de fraude. O regime de Pinochet foi cravado de violações aos direitos humanos tendo mais de 80 mil pessoas presas por picuinhas e outras 30.000 torturadas e destas 10% foram assassinadas para garantir ser governo sujo. Para empanar sua arbitrariedade, enquanto presidente, ele tentou uma política de modernização do país, tentou fazer deslanchar a economia liberando as empresas de impostos e colocando todos os sindicatos na ilegalidade, fez esforços para estabilizar a moeda e buscou empréstimos no exterior. Com isso até conseguiu fazer crescer o PIB, mas a desigualdade social e de renda persistia. Para quem observava, ele era uma figura inigualável no governo, mas era um déspota indescritível no país e assim a controvérsia permanecia sendo discutida no Chile. A economia do país até prosperou no seu governo, mas isso se deveu à sua brutalidade na repressão política e à sua perseguição aos seus opositores. Assim que deixou o governo, ele foi alvo de mais de 300 ações criminais destrinçando desde corrupção até assassinatos não explicados. O golpe de estado por ele perpetrado ocorreu apenas 18 dias após ele se tornar chefe das forças armadas. Ele reuniu homens e munição e por três horas manteve o cerco e o bombardeio do palácio presidencial, o palácio de La Moneda, com aviões da força aérea e ajudado pelo exército por terra. Foi um golpe rápido e violento. O presidente Salvador Allende morreu dentro do palácio de La Moneda. A notícia foi que ele cometeu suicídio, mas acredita-se que tenha sido assassinado, embora a autópsia declare que foi suicídio. O Estádio Nacional de futebol de Santiago foi transformado em campo de concentração dos militares da ditadura de Pinochet. Exceto Fidel Castro em Cuba, nenhum outro governo foi tão duro e tão implacável como o do regime imposto por Pinochet. Ele fez estrago maior no Chile do que fizeram os americanos no Vietnam e os tanques de Hitler em Praga, a República Checa.

Pergunta intrigante agora: O que é que existe na mente de pessoas assim como Pinochet? Pessoas que para conquistar o poder atropela o mundo, passa por cima como um rolo compressor não respeitando ninguém, simplesmente porque querem estar no topo, estar acima do povo, das leis e da justiça? Não é o mesmo sentimento que houve em Lúcifer? O profeta Isaías descreve os desejos de Lúcifer com as seguintes palavras: “Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do norte. Subirei acima das alturas das nuvens e serei semelhante ao altíssimo” (Is.14:13-14). Que lhe parece? Não está satanás por trás desses homens sanguinários que matam pelo poder? Muita gente vai ter muito o que acertar nas suas contas no dia de Deus. Teremos surpresas naquele dia, pode aguardar!

Os comentários estão encerrados.